ROLAMENTOS E SOLUÇÕES EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
MATRIZ - SP: (11) 2797-1322 | SERVICE - SP: (11) 2902-1460
ROLAMENTOS E SOLUÇÕES EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
MATRIZ - SP: (11) 2797-1322 | SERVICE - SP: (11) 2902-1460

O que é rolamento? Quais os tipos e aplicações? Saiba tudo sobre rolamentos.

o-que-e-um-rolamento-principais-tipos

Rolamento é um componente que permite movimento rotativo (controlado ou não) entre dois ou mais elementos. Serve principalmente para reduzir o atrito ou fricção de deslizamento entre as superfícies de contato (eixos, polias ou mancais de rolamento, por exemplo).

Sua fabricação é normatizada. Segue altos padrões de qualidade, com medidas controladas e materiais de alta resistência. Como, por exemplo, aço combinado com crómio ou aço inox.

Bom, agora que você tem uma breve explicação técnica sobre o que é um rolamento e para que ele serve, vamos ver mais um pouco sobre esse componente?

O que verei neste artigo:

Quer saber tudo sobre rolamento? Chegou ao lugar certo, pois neste guia vamos lhe apresentar tudo sobre este elemento de máquina para transmissão mecânica.

Só quem é especialista, pode preparar um [Guia completo] como este. Com tudo que você precisa saber!

Um verdadeiro manual com as principais informações para manutenção, especificação de projeto e compra.

Este, sem dúvida, é o melhor conteúdo sobre rolamentos produzido por um distribuidor autorizado SKF.

O que é rolamento?

o que é rolamento e para que servem - abecom-distribuidor-autorizado-skf-rolamento

Rolamento (ou popularmente rolimã) é um componente que permite movimento rotativo (controlado ou não) entre dois ou mais elementos.

Ele serve para reduzir o atrito ou fricção de deslizamento entre as superfícies de contato (eixos, polias ou mancais de rolamento por exemplo).

Classificado como um componente de transmissão mecânica. Utilizado em uma vasta gama de aplicações.

 

Qual a função de um rolamento?

A função do rolamento é reduzir o atrito entre partes móveis da máquina. Ou seja, transmitir uma ação de rotação entre um eixo e outros elementos.

Em sua maioria, os rolamentos consistem em um anel interno, um anel externo, vários corpos rolantes (esferas ou rolos) e uma gaiola.

Suportam cargas axiais ou radiais, reduzindo o esforço ou força de movimento em um componente.

Sua aplicação é muito ampla, é um dos elementos mais utilizados na fabricação de produtos, máquinas e ferramentas.

Sendo assim, podemos encontrar:

  • rolamentos para uso automotivo: rolamento do alternador, rolamento de roda, rolamento de caixa de direção ou rolamento da embreagem;
  • rolamentos de uso industrial: principalmente máquinas, motores e ferramentas;
  • rolamento para uso esportivo: como rolamento de bicicleta e rolamento para Skate (conhecido como Rolamento Red bones).

Qual o tipo de rolamento mais utilizado?

rolamento radial de esferas

Os rolamentos de esferas são os mais utilizados no mercado e mais comuns em aplicações que exigem suportar cargas axiais e radiais. Os principais tipos são os rígidos de esferas, radial, axial e de contato angular.

Principalmente utilizados em aplicações industriais e automotivas, são os modelos mais exigidos em aplicação e desempenho.

Alguns deles são capazes de suportar cargas extremamente elevadas e operar em ambientes com umidade e agentes corrosivos.

Quer saber quais são os principais rolamentos para a indústria? Continue neste artigo que mostraremos logo a seguir.

Se preferir clique aqui que te levamos para o tópico de rolamentos industriais.

Quais os tipos de rolamentos e suas aplicações?

Os tipos de rolamentos mais utilizados no mercado, de modo geral estão:

  • Rolamentos Axiais
  • Rolamentos Radiais
  • rolamento de esferas: podem ser rígidos de esferas, uma ou mais carreiras e de contato angular;
  • rolamento de rolos: podem ser cilíndricos, uma ou mais carreiras, cônicos e de agulhas;
  • rolamentos autocompensadores: de rolos e de esferas; 

Destes derivam outros que você vai conferir logo a seguir, dada a sua importância e principalmente as determinadas condições de trabalho e especificidade do projeto.

Portanto, a escolha também está em função do tipo de arranjo ou componentes do conjunto em funcionamento, ou seja, das aplicações de rolamentos.

Me leve para os principais tipos de rolamento SKF.

O que é um mancal de rolamento?

Em algumas aplicações de rolamentos é possível utilizar um conjunto projetado e dimensionado especificamente para determinados modelos, são os mancais de rolamentos. São econômicos e de fácil manutenção, principalmente os modelos fabricados de forma modular.

Mancal SKF Browning FrmOs Mancais, também conhecidos como caixa de Mancal, são elementos compostos por unidades de rolamentos que funcionam como apoio para máquinas que possuem eixos ou movimentos giratórios. Sua estrutura, geralmente, é feita de ferro fundido, o que garante maior resistência para a peça.

A sua classificação é dada basicamente por dois tipos: Mancal de Rolamento (ou Mancal Rotativo) e Mancal de Deslizamento (ou de bucha).

Mancal de rolamento ou Mancal de deslizamento?

Um mancal de deslizamento tem como característica o uso de uma bucha fixada ao suporte. Usado em máquinas pesadas ou equipamentos de baixa rotação. Neste último, por evitar o superaquecimento dos componentes expostos ao atrito.

Já o mancal de rolamento é, tecnicamente, um suporte para um elemento rolante chamado Rolamento, no qual se encaixa no furo do mancal para suportar o eixo.

Muito indicado para aplicações de rolamentos em alta velocidade e atrito menor.

Quer saber mais sobre o que é um mancal e qual tipo escolher?

 

Quero ver outros componentes para montagem de um rolamento.

Principais tipos de Rolamentos SKF

Rolamentos SKF são fabricados com o mais alto padrão de qualidade. Além disso, possuem alta performance e vida útil.

Confira agora os principais tipos e modelos fabricados pela SKF.

Rolamentos de Esferas

1. Rolamentos Rígidos de Esferas

rolamento-rigido-de-esferasO rolamento rígido de esferas possui ampla variedade de aplicações. De construção simples, não separáveis, opera em altas velocidades e requer pouca manutenção.

É fabricado com uma ou duas carreiras. Desse modo, suporta cargas axiais em ambos sentidos, inclusive em altas velocidades.

Também pode ser encontrado com placas de proteção ou placas de vedação.

 

2. Rolamentos Série Y

Rolamentos de Esfera Y Rolamentos SKFTêm uma superfície externa esférica (convexa) e um anel interno prolongado com diferentes tipos de dispositivos de fixação.

A variedade de Rolamentos da série Y  difere na maneira como o rolamento é fixado no eixo.

Por exemplo: com pino roscado, com um colar excêntrico de fixação, com uma bucha de fixação ou com um ajuste interferente.

Os Rolamentos Série Y com um anel interno prolongado nos dois lados funcionam mais suavemente.

Sendo assim, reduzem o quanto o anel interno pode se inclinar no eixo.

 

3. Rolamentos de Esferas de Contato Angular

Rolamento de Esferas de Contato Angular - Rolamento SKFSão adequados para suportar cargas combinadas (axiais e radiais) atuando simultaneamente. Também são fabricados com uma ou duas carreiras.

O rolamento de esferas de contato angular é fabricado em uma grande variedade de tamanhos. A linha de rolamentos de precisão é indicada para máquinas-ferramenta, por exemplo.

Grandes rolamentos de uma ou duas carreiras para aplicações em engenharia pesada, bem como as unidades de cubos de roda para a indústria automobilística.

 

4. Rolamentos Autocompensadores de Esferas

Rolamentos Autocompensadores de EsferasOs rolamentos autocompensadores de esferas apresentam a característica de serem auto-alinháveis, ou seja, permitem desalinhamentos angulares do eixo em relação ao alojamento.

Possuem duas carreiras de esferas com uma pista esférica comum no anel externo. Dessa forma, são especialmente indicados para aplicações onde podem surgir desalinhamentos por erros de montagem ou por flexão do eixo.

Podem ser fornecidos com furo cilíndrico e com furo cônico, com placas de vedação em ambos os lados e com o anel interno largo.

 

5. Rolamento Axial de Esferas

Rolamentos axiais de esferasO rolamentos axiais de esferas são projetados para suportar cargas axiais e não devem ser usados quando houver qualquer carga radial.

Ele é composto por arruelas desmontáveis (de eixo e de mancal) para facilitar a manutenção.

Qual a diferença entre rolamento axial e radial?

O rolamento radial, é projetado para suportar cargas que exercem força na direção perpendicular ao eixo (ou, direção de seu raio). Já no rolamento axial, a carga é exercida na mesma direção do eixo. Chamada de carga axial ou carga de impulso.

Apesar da classificação principal ser de rolamentos axiais e radiais, alguns rolamentos suportam cargas combinadas, ou seja, nas duas direções.

Veja mais sobre Rolamentos Radiais e Rolamentos Axiais em nosso artigo: Rolamento radial ou Rolamento axial: quais as diferenças?

 

Rolamentos de Rolos

1. Rolamento de Rolos Cilíndricos

Rolamentos de Rolos CilíndricosRolamentos de rolos cilíndricos são produzidos em diferentes modelos, séries e até tamanhos mas, há diferenças entre eles e podem ser encontrados nas seguintes formas:

  • de acordo com o número de carreiras de rolos (uma, duas ou quatro); e
  • conforme o tipo de gaiola (com, sem ou projetos especiais).

Outra diferença está na configuração dos flanges de anéis interno e externo, conforme a posição e o número de flanges-guia.

 

2. Rolamento Agulha

Rolamento de Rolos de Agulhas rna-4903-skf-D_NQ_NP_787349-MLB31671305508_082019-FEsse é um tipo de rolamento de rolos que apresenta diâmetro pequeno em comparação com seu comprimento.

Por ter perfil modificado de pista/rolo, faz com que se evitem os picos de tensão e, dessa forma, se prolongue sua vida útil.

Os rolamentos de agulhas possuem diferentes perfis e ampla variedade de materiais, séries e tamanhos.

Desse modo são indicados para as mais diversas aplicações e condições operacionais.

 

3. Rolamento de Rolos Cônicos

Rolamentos de Rolos conicosÉ o modelo de rolamento que apresenta pistas de anel interno e externo cônicas e rolos cônicos.

Por essa configuração, suportam cargas combinadas. Ou seja, comportam cargas axiais e cargas radiais atuando ao mesmo tempo.

Como forma de proporcionar ação de rolagem verdadeira e, assim, garantir poucos momentos de atrito durante a operação, contam com linhas de projeção das pistas que se encontram em um ponto comum no eixo do rolamento.

Sua capacidade de carga axial aumenta com ângulo de contato crescente.

 

4. Rolamentos Autocompensadores de Rolos

Rolamentos Autocompensadores de RolosAutocompensadores de rolos são os rolamentos que contam com duas carreiras de rolos simétricas, sendo uma pista esférica comum no anel externo e duas pistas no anel interno inclinadas em um ângulo em relação ao eixo do rolamento. 

O ponto central da esfera na pista do anel externo está no eixo do rolamento.

Têm como características: acomodar desalinhamentos; alta capacidade de carga, vida útil longa, baixo atrito e robustez.

 

5. Rolos de Leva com Eixo

Acima de tudo, um rolamento de rolos de leva com eixo é fundamentado em rolamentos de rolos de agulhas ou cilíndricos.

Rolamento de leva com Eixo

Ele possui um pino sólido roscado no lugar do anel interno.

Disponível em diversos modelos e variantes, como forma de requisitos de aplicações diferentes:

  • com ou sem uma gaiola; com diferentes modelos de pino;
  • várias soluções de vedação; e
  • perfil de superfície de rolagem do anel externo.

Assim, o rolo de leva com eixo conta com maior suporte a cargas radiais elevadas e a cargas axiais, ou seja, maior vida útil e facilidade de montagem.

6. Rolamentos lineares e sistemas SKF

rolamentos e sistemas-lineares-skfO rolamento linear é um rolamento utilizado para reduzir o atrito de objetos que realizam movimentos de translação em uma direção.

Este deslocamento ocorre sobre guias lineares em forma de eixos tubulares ou em perfis com geometrias mais complexas, como os modelos de rabo de andorinha e fusos.

Estes rolamentos podem usar diversos tipos de elementos para reduzir o atrito, assim como acontece com os rolamentos radiais e axiais.

Assim, os rolamentos lineares podem ser de deslizamento, de fluido, magnéticos e de elementos rolantes (esferas ou roletes).

Rolamento Catálogo

Quer um catálogo de rolamentos para escolher o modelo certo para o seu projeto? Baixe o seu catálogo de rolamentos em nosso site. Se precisar de ajuda, consulte nossa equipe.

Se preferir consulte on line a tabela de rolamentos SKF.

Rolamento Industrial e de Engenharia

O que são rolamentos industriais?

Os rolamentos industriais são aqueles em que a principal aplicação se dá em máquinas ou equipamentos. Seu uso exige elevados padrões de fabricação. Assim como o uso de materiais que atendam às exigências de durabilidade e performance.

Esse rolamento geralmente é mais exigido do que os encontrados em comércio ou ambiente doméstico. Principalmente pela própria agressividade do ambiente em chão-de-fábrica.

Sendo assim, é um componente altamente solicitado e requer a combinação de performance e durabilidade. Ou seja, ocorrendo falha em um rolamento, provocam prejuízos e despesas não planejadas.

Por exemplo, a parada não planejada de um equipamento em qualquer fábrica, além das despesas para a reposição do componente e da mão-de-obra de manutenção, terá o custo das perdas das horas produtivas.

Rolamento de Precisão

Rolamentos Industriais de SuperprecisãoAs aplicações com alta precisão de giro e altas velocidades, exigem que os rolamentos sejam fabricados com maior grau de precisão.

Sendo assim, os rolamentos de Superprecisão são os mais indicados nestas situações.

 

Rolamento de Suporte

Rolamento de SuporteEsse rolamento  foi desenvolvido especialmente para laminadores a frio do tipo múltiplo.

Ainda assim, podem ser usados em outras aplicações, como em máquinas de endireitamento ou dobra.

São baseados em rolamentos de duas ou três carreiras de rolos cilíndricos e podem ser encontrados como rolamentos de suporte com base em rolamentos de rolos de agulhas com uma carreira e rolamentos de duas carreiras de rolos cônicos.

Rolamentos Axiais de Esferas de Contato Angular para Parafusadeiras

Rolamentos Axiais de Esferas de contato angular para parafusadeirasIndicados para máquinas que precisem posicionar a peça de trabalho ou o componente da máquina de forma rápida, eficiente e precisa.

Como forma de atender essa demanda, as parafusadeiras podem ser apoiadas em ambas as extremidades por rolamentos axiais de esferas de contato angular de alta precisão, pois eles possibilitam alto grau de rigidez axial, bem como alta capacidade de carga axial.

Em outras palavras podem acomodar altas velocidades e acelerações rápidas, além de oferecer altíssima precisão de giro.

Rolamento de Giro ou Rolamento de Grande Porte

O rolamento de giro (ou coroa de orientação) é um rolamento de giro de grande porte composto por dois anéis concêntricos e elementos rolantes (esferas ou roletes), que podem suportar altas cargas radiais e axiais e momentos de inclinação.

Os rolamentos de giro padronizados da SKF apresentam diâmetros entre 400 e 1000 mm, mas rolamentos maiores também podem ser feitos sob encomenda, chegando a até 18000 mm.

Esse tipo de rolamento apresenta grande capacidade de suporte de carga e de transmissão de potência em todas as direções, sendo geralmente aplicado no levantamento de grandes cargas movidas a baixa velocidade.

 

Rolamentos e Unidades de Rolamentos para Altas Temperaturas

Rolamentos e Unidades de rolamentos para Altas TemperaturasEste rolamento é indicado para proporcionar maior confiabilidade, menor complexidade e menor impacto ambiental em temperaturas operacionais de até 350°C (660° F).

Os rolamentos e unidades de rolamentos para altas temperaturas trazem benefícios ao meio ambiente em razão de suas várias aplicações.

Assim, entre suas características e benefícios com custo operacional total reduzido, operação praticamente sem manutenção, excelente desempenho em condições rigorosas, menor impacto ambiental e menor complexidade do projeto da máquina.

Princípios de Seleção e Aplicações de rolamentos

Para se projetar um arranjo de rolamento é necessário escolher adequadamente o seu tipo e tamanho, além disso outros aspectos também são importantes.

Portanto, deve-se considerar: tipo e quantidade de lubrificante, ajuste, capacidade de cargas axiais, cargas radiais, vida útil do rolamento, atrito, velocidades de rotação permissíveis, folga interna, a montagem dos demais componentes do arranjo, vedação e sua aplicação.

Cada um deles influencia no desempenho, confiabilidade e custo. Em alguns casos essa etapa é desconsiderada devido o tempo despendido em um projeto. Contudo, esse tempo depende da experiência que se tem com os arranjos similares e conhecimento de suas características.

Além disso, existem outros fatores bastante relevantes que são o nível de exigência para cada aplicação e o custo do conjunto dentro do projeto. Tudo isso influencia em um maior tempo de projeto, por exemplo em cálculos mais precisos, ou até mesmo testes em campo.

Como escolher o rolamento certo?

Para escolher um rolamento deve-se considerar:

  1. Cargas atuantes (axial ou radial)
  2. Velocidade de funcionando
  3. Temperatura de trabalho
  4. Espaço disponível
  5. Folga interna
  6. Atrito
  7. Alinhamento e desalinhamento do eixo
  8. Tipo de precisão

Atualmente há no mercado rolamentos para determinadas aplicações e solicitações específicas. Saber quais são elas, fará com que a escolha do rolamento seja mais acertada e traga o resultado de performance desejado.

Da mesma forma, é importante observar a origem de procedência do rolamento adquirido. Existem falsificações no mercado que comprometem a garantia e durabilidade do seu equipamento. Por este motivo, não é recomendado comprar um rolamento de um distribuidor que não seja certificado ou autorizado pelo fabricante.

 

Seleção de rolamentos em função do seu projeto

Antes de tudo, cada tipo de rolamento SKF tem propriedades e características que o tornam particular em cada aplicação. Na maioria dos casos devem ser considerados vários fatores desde a etapa do projeto, conforme mencionamos anteriormente. Não se pode estabelecer uma regra geral para isso.

Contudo, alguns pontos podem ser observados durante o projeto do seu arranjo de modo que a sua escolha seja a melhor. Dentre os vários fatores a se considerar, podemos destacar:

Atrito

O atrito em um rolamento é um fator muito importante, principalmente quando e considera a geração de calor e temperatura de trabalho. Depende da capacidade de carga e de outros fatores, sendo os mais importantes o tipo e tamanho do rolamento, a velocidade de rotação e a quantidade de lubrificante.

A resistência total ao movimento de rolagem é constituída do atrito e deslizamento das áreas de contato entre corpos rolantes e pistas. Assim como da área de contato entre os corpos rolantes e gaiola. Do mesmo modo nas superfícies de guia dos corpos rolantes ou da gaiola, do atrito gerado pelo lubrificante e, também, do atrito de deslizamento gerado pelas placas de vedação.

Espaço disponível para o Rolamento

Em muitos casos é pré-determinada pelo projeto do equipamento em função do diâmetro do furo. Em eixos de diâmetro pequeno, a maioria dos rolamentos de esfera podem ser usados, o mais popular é o rígido de esfera.

Quando o eixo é de diâmetro grande, poderão ser utilizados alguns tipos de rolamentos de rolos como: os de rolos cônicos, de rolos cilindros e autocompensadores de rolos, como também os rígidos de esfera.

Quando o espaço radial é limitado, deve ser selecionado um rolamento com pequena altura de seção transversal. Especialmente o gaiolas de agulhas, buchas de agulhas e de agulhas com ou sem anel interno. Também é possível utilizar um rolamento rígido de esfera, de contato angular, de rolos cilíndricos e autocompensadores de rolos.

Se a limitação for na direção axial, certos rolamentos de uma carreira de rolos cilíndricos e de esferas podem ser utilizados.

Se houver alguma dúvida durante a seleção, entre em contato com os nossos especialistas que ajudaremos na sua escolha.

Cargas atuantes nos Rolamentos

A magnitude e a direção da carga (radial ou axial) devem ser observadas no momento da seleção do seu rolamento.

A magnitude normalmente determina o tamanho do rolamento a ser utilizado. Geralmente os de rolos são capazes de suportar cargas maiores que os rolamentos de esferas.

Os rolamentos de esferas são mais utilizados onde as cargas são leves ou moderadas. Para cargas pesadas, ou onde se utiliza eixos de diâmetros grandes, os rolamentos de rolos são mais apropriados.

Desalinhamento na montagem

Montagem de um Rolamento no Eixo

O desalinhamento entre eixo e caixa, ocorre quando há flexão do eixo sobre atuação de carga, quando não há concentricidade na usinagem dos alojamentos ou quando um eixo longo é suportado por rolamentos montados em alojamentos separados.

Os rolamentos rígidos não podem suportar nenhum tipo de desalinhamento, ou apenas desalinhamentos muito pequenos sem aplicação de carga.

Os rolamentos autoalinhantes como autocompensadores de esferas, de rolos e axiais autocompensadores de rolos, são ideais para acomodar desalinhamentos. Sejam sob cargas em operação ou erros de alinhamento, resultantes de usinagem incorreta ou montagem inadequada.

Folga interna

A folga interna de um rolamento é a distância total que um anel move-se em relação a outro. Tanto na direção radial como também na direção axial.

É importante distinguir entre folga interna antes da montagem e depois da montagem de um rolamento. Nesta última situação, o rolamento atinge sua temperatura de trabalho.

Saiba mais em nossa página: Vida útil do rolamento: O que influencia sua durabilidade?

Velocidade de funcionando

A velocidade que os rolamentos podem atingir é limitada pela temperatura máxima da operação. Por exemplo, os rolamentos com baixo coeficiente de atrito e baixa geração de calor são mais adequados para altas velocidades.

O lubrificante é importante em um rolamento?

Lubrificação de RolamentosO lubrificante é muito importante para um rolamento. Em muitos casos é necessário providenciar vedadores a fim de prevenir o seu vazamento, a penetração de impurezas e até mesmo umidade.

Para que o rolamento trabalhe adequadamente é necessário que seja lubrificado a fim de evitar o contato metálico direto entre os corpos rolantes, gaiolas e pistas. O lubrificante também e importante para prevenir desgastes e proteger a superfície contra a corrosão.

Ou seja, a escolha do tipo e o método são muito importantes e devem ser conforme cada tipo de aplicação. Por esse motivo, deve-se ter uma gestão de lubrificação que defina um plano para lubrificar esse componente.

Saiba mais em nosso guia sobre Gestão de Lubrificação.

Existe uma variedade de graxa para rolamentos e óleos para a lubrificação de rolamentoA escolha de um lubrificante depende basicamente das condições de operação e tipo de ambiente da aplicação. Por exemplo: velocidade e temperatura de trabalho.

Para maiores informações veja nossa sessão LUBRIFICANTES. Nela você verá que a Abecom comercializa lubrificantes de alta performance desenvolvido pela SKF.

Manutenção preditiva de rolamento

A manutenção preditiva são ações que aumentam a vida útil do rolamento. Monitorando:

  • Baixo nível de lubrificante:

O intervalo entre trocas de lubrificante deve ser modificado e deve-se certificar que ele preenche o rolamento corretamente.

  • Folga interna excessiva no rolamento:

Usar molas ou arruelas onduladas que forneçam a carga axial adequada e mantenham os corpos rolantes carregados o tempo todo.

  • Amassados ​​nas pistas:

Os procedimentos de montagem de rolamento devem ser revisados. Certifique-se de que nenhuma força de montagem será aplicada através dos elementos rolantes e que se use uma bucha de fixação.

  • Pista interna de rolamento solta no eixo

O local do eixo onde o rolamento se encaixa deve ter sua superfície preenchida com metal e retificada, deixando o eixo no tamanho apropriado.

Principais cuidados na montagem de um Rolamento

A montagem de um rolamento depende do seu tamanho e tipo. Pode ser um método de montagem por esforço mecânico, hidráulico ou térmico. Qualquer que seja o método é importante que os anéis, gaiolas ou corpos rolantes não recebam golpes diretos. Isso pode danificá-lo seriamente e comprometer sua vida útil.

Mas, antes de montar verifique quais ferramentas você vai utilizar. Além disso, deixe-as organizadas e limpas.

Recomenda-se também que o ambiente da montagem seja em um local seco e isento de poeira.

Outro ponto que é muito importante é estudar o desenho do equipamento. Avaliar em que ordem realizará a montagem do rolamento. Dessa forma, evitará que se desperdice tempo ou danifique algum componente durante o trabalho.

Mais importante ainda é avaliar as tolerâncias e precisões dimensionais de todos os componentes do conjunto.

Então, seu desempenho só será satisfatório se obedecer todas as tolerâncias especificadas pelo projeto ou fabricante.

Procure, também, deixar o rolamento na embalagem até o momento da montagem, a fim de evitar alguma contaminação. Ele vem protegido de fábrica com um protetor antioxidante. [Retire-o apenas da superfície externa e do furo.]

Quer saber mais sobre montagem de um rolamento? Veja nossa página: Cuidados na montagem de um Rolamento.

Ferramentas para montagem e desmontagem de rolamentos SKF

Saca rolamento SKF?

O saca rolamento ou sacador de rolamento SKF, também conhecido como extrator de rolamentos, é uma ferramenta apropriada para montar e desmontar um rolamento, em eixos e mancais. Ele é projetado para prender nos pontos certos dos anéis. Dessa forma evita que se danifiquem pelo uso de força excessiva.

Aquecedor indutivo para rolamentos SKF

O aquecedor de rolamento por indução SKF é uma ferramenta para montagem de rolamento que usa corrente elétrica para aquecê-lo. Ela passa através de uma bobina, gerando um campo magnético que induz outra corrente elétrica no núcleo, que se aquece rapidamente. Isto permite maior controle de temperatura, eficiência de consumo de energia e segurança para o operador.

Veja nosso artigo  sobre Aquecedor indutivo para rolamentos SKF e saiba mais sobre quais os métodos de aquecimento.

Por que um rolamento falha?

Apesar de uma pequena fração de todos os rolamentos em uso falharem é importante controlar os motivos que ocasionam as principais falhas em rolamentos.

De maneira geral, cerca de 90% dos rolamentos duram mais que o equipamento em que eles estão instalados. Apenas 9,5% são substituídos antes de falhar, muito mais por razões de segurança ou manutenção preventiva.

Ou seja, aproximadamente 0,5% dos rolamentos são substituídos porque apresentam danos ou falham.

Alguns motivos para um rolamento falhar ou sofrer algum tipo dano, pode estar relacionado com:

  • fadiga
  • vedações ineficientes
  • lubrificação inadequada
  • carga maior que a prevista
  • ajustes errados ou inadequados
  • montagem incorreta

Realizar a inspeção de rolamentos é importante para garantir alto desempenho de um equipamento?

Os rolamentos que apresentam falhas prematuras têm problemas porque sofrem cargas de serviço inesperadas. Por exemplo, desbalanceamento ou desalinhamento.

Uma falha no rolamento danifica os componentes associados, como: correias, mancais, acoplamentos etc. Pode levar a máquina a falhar ou até mesmo quebrar um componente.

Sendo assim, saber como atuar na manutenção de um rolamento ou componente se torna fundamental.

Confira mais em nosso artigo: Inspeção de rolamentos: saiba o que fazer.

Como realizar a inspeção de rolamento durante a operação?

Rolamento gasto ou danificado, normalmente apresenta sintomas identificáveis. A inspeção de rolamento durante a operação é uma recomendação importante para garantir sua vida útil. Além disso, previne uma parada de máquina indesejável e, consequentemente, atrasos na produção.

Quer saber como realizar a inspeção de rolamento durante a operação?

Acessórios para Rolamentos

Dificilmente encontraremos um rolamento em funcionamento sem alguns elementos essenciais para sua montagem, fixação ou suportação.

Os mais comuns são os mancais de rolamento, anéis elásticos, retentores ou vedadores, anéis de bloqueio, buchas de fixação, porcas de fixação, espaçadores, polias e correias. E para a sua montagem ou desmontagem o saca rolamento (sacador de rolamento) ou extrator de rolamento.

Componentes de transmissão mecânica que trabalham em conjunto com rolamentos

Um rolamento poderá fazer parte de um conjunto de transmissão de potência composto por correia, polias, correntes, roda dentadas, engrenagens, entre outros.

Sendo assim, é importante montar corretamente todos eles. Além disso, devem ter as suas manutenções preventivas em dia.

Qualquer problema em um componente do conjunto, afetará o funcionamento do rolamento.

O que são gaiolas em um rolamento?

Gaiola de um RolamentoCom a exceção dos rolamentos com número máximo de rolos, todos têm uma gaiola. Sendo assim, número de gaiolas depende do número de conjuntos de esferas ou de rolos no rolamento e, também, no projeto da gaiola.

Os principais objetivos de uma gaiola em um rolamento são:

  • Manter os corpos rolantes a uma distância adequada uns dos outros para reduzir o momento de atrito e o aquecimento por atrito no rolamento.
  • Distribuir uniformemente os corpos rolantes para otimizar a distribuição de carga e permitir uma operação silenciosa e uniforme.
  • Guiar os corpos rolantes na zona sem carga para melhorar as condições de rolagem e evitar danos aos movimentos deslizantes.
  • Reter os corpos rolantes dos rolamentos separáveis quando um anel do rolamento é removido durante a montagem ou desmontagem.

 

As gaiolas são mecanicamente tensionadas por forças de atrito, esforço e inércia. Elas também podem ser tensionadas por determinados lubrificantes, aditivos lubrificantes ou subprodutos relacionados ao seu envelhecimento, solventes orgânicos ou resfriantes. Portanto, o projeto e o material de uma gaiola têm uma influência significativa na adequação de um rolamento para uma aplicação específica. Por isso, a SKF desenvolveu uma variedade de gaiolas feitas de diferentes materiais e para diferentes tipos de rolamentos.

A classificação das gaiolas é conforme o processo de fabricação e grupo de materiais:

  • em metal estampado
  • em metal usinado
  • de polímero

 

Escolha certo o seu distribuidor de rolamento

Somente rolamentos fabricados com os mais elevados padrões de qualidade podem oferecer longa vida útil. Neste quesito é fundamental que se escolha um distribuidor de rolamento autorizado e certificado, não somente pelo preço do rolamento.

A Abecom é o maior distribuidor de rolamentos SKF autorizado no Brasil. Desse modo, nos coloca como uma empresa apta a oferecer os produtos dessa marca que tem reconhecimento internacional!

Líder por 11 anos consecutivos na distribuição SKF e premiada no SKF Awards.

Mais do que ser a maior distribuidora de rolamentos em São Paulo, a Abecom é uma empresa especialista no assunto.

Possui equipe técnica capacitada e treinada pelos fabricantes de rolamento, para dar suporte técnico aos clientes. Dessa forma, terão os melhores resultados na montagem do seu rolamento.

Ao contar com os produtos da SKF, nós atestamos que nossos clientes terão acesso a materiais qualificados para todo o tipo de necessidade em rolamento. Assim, garantimos também a obtenção de produtos mais resistentes e potentes para o seu negócio ou projeto. Ou seja, atendem os mais elevados padrões de qualidade em diversos setores industriais.

O que faz a Abecom ser a maior distribuidora de rolamentos em SP e do Brasil?

Ser destaque como a maior distribuidora de rolamento em SP requer, antes de tudo, experiência e credibilidade. Isso a Abecom conquistou em sua história.

Desde a sua fundação, até os dias atuais, trabalha somente com produtos originas e de qualidade comprovada.

Além disso, tonou-se parceira de negócios de grandes fabricantes como SKF, Continental, Timken, FRM entre outras.

Por isso, alcança resultados de destaque e importante representatividade como fornecedora de rolamentos.

Soma-se a isso, o fato de a Abecom ser uma empresa focada em desenvolvimento de soluções que realmente agreguem valor ao seu cliente.

Como exemplo, desenvolveu um centro de gestão de ativos (CGA) que permite uma forte conectividade entre os clientes e a sua equipe de especialistas.

Também atua na capacitação e treinamento dos profissionais e colaboradores de seus clientes.

Rolamento Preço

Para maiores informações sobre valores e o preço de rolamento, consulte nosso departamento comercial. Respondemos prontamente seu orçamento.

 

Principais marcas de rolamento

Dentre as principais marcas mundiais de rolamento a Abecom é um distribuidor SKF autorizado. Além disso, também é distribuidor Timken, distribuidor Brownig, Distribuidor FRM e Distribuidor McGill. Portanto, somos o maior distribuidor de rolamentos do Brasil.

Contamos com um amplo catálogo de rolamentos e equipe altamente capacitada!

 

Resumindo

Não é possível apresentar todas as informações sobre aplicações dos rolamentos. Dessa forma, seria necessário ter todas as variáveis do projeto para isso.

Além disso, em algumas situações de alta complexidade técnica ou nacionalização de um rolamento, é aconselhável consultar um especialista. Assim, sua compra será mais assertiva e com menores chances de insucesso.

Por esta razão, a Abecom Rolamentos tem uma equipe especializada para ajudar seus clientes. Acima de tudo, trabalha em parceria com eles para que tenham mais eficiência e redução de custos.

Somos a maior distribuidora de rolamentos SKF e estamos sempre oferecendo aos clientes produtos e serviço de qualidade. Temos um amplo estoque de rolamentos e acessórios de manutenção industrial.

Além disso, também possuímos distribuição autorizada de fabricantes como Martin, TIMKEN, McGill, Continental, FRM, por exemplo.

 

Se estiver procurando por um distribuidor de rolamento ou acessórios, confiável e com amplo portfólio e excelente prazo de entrega, conte com a Abecom Rolamentos.

 

Temos uma linha completa de soluções em manutenção de equipamentos que necessitem de mancais, correias, correias poli v, correias transportadoras, polias de transmissão, lubrificantes industriais, entre outros.

Não deixe de nos consultar, você vai se surpreender com o Atendimento Abecom!

5 respostas

  1. Bom dia
    Estou procurando um vendedor no rio de janeiro que tenha rolamento skf para a roda diant do livina pode me ajudar?

    1. Olá Isabely,

      obrigado por entrar em contato. De maneira geral, os rolamentos são os mesmos e o que muda é o método de montagem: mecânica, hidráulica ou aquecimento. Muitas vezes, o método de montagem está relacionado às limitações de espaço e disponibilidade de ferramentas.

Average
5 Based On 4

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags