ROLAMENTOS E SOLUÇÕES EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
MATRIZ - SP: (11) 2797-1322 | SERVICE - SP: (11) 2902-1460
ROLAMENTOS E SOLUÇÕES EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
MATRIZ - SP: (11) 2797-1322 | SERVICE - SP: (11) 2902-1460

O que é correia transportadora? Quais os tipos?

O que é correia transportadora

As correias transportadoras são bem conhecidas por quem trabalha na área industrial. São componentes fundamentais para maquinários de transporte de diversos tipos de materiais. Desde leves, como embalagens, aos mais pesados, como na Mineração. Este é o primeiro conteúdo de uma série completa sobre o que é correia transportadora. 

Com a evolução da indústria, as correias transportadoras adquiriram papel importante nessa etapa e foram fundamentais, sem dúvida, para o progresso do segmento industrial.

Em alguns setores o transporte de materiais em processo pode ter um impacto significativo no custo operacional.

A correia transportadora está diretamente ligada à melhoria de desempenho, à rapidez, à economia de tempo na movimentação dos mais variados tipos de carga e, claro, a melhor relação custo-benefício para diversos segmentos.

Por este motivo, deve-se ter uma atenção especial com ela. Desde a sua seleção até a escolha do fornecedor.

Se você chegou até aqui querendo entender um pouco mais sobre correia transportadora, confira o que preparamos para você!

O que é correia transportadora?

Correias transportadoras são equipamentos para transporte ou movimentação de materiais a granel, ou em altos volumes, através de uma correia contínua (esteira transportadora), que se desloca sobre tambores e roletes.

Consistem em dois ou mais tambores que movimentam uma superfície (esteira) para facilitar o transporte de determinados materiais ou objetos.

Qual a função de uma correia transportadora?

função de uma correia transportadoraA função de uma Correia Transportadora é transportar um material de um ponto até outro facilitando o fluxo contínuo do processo. São aplicadas no transporte horizontal, vertical ou inclinado.

Qual vantagem de utilizar correia transportadora?

As principais vantagens no uso de correias transportadoras para transporte de materiais são:
  • menor custo por volume transportado
  • segurança de operação,
  • confiabilidade,
  • versatilidade (distâncias longas ou curtas),
  • alto volume de material a ser transportado,
  • capacidade de carga transportada elevada.

Composição de uma correia transportadora

A correia transportadora é composta de quatro itens:

  • cobertura superior de borracha: tem a função de proteger da ação dos produtos transportados;
  • carcaça têxtil: fornece resistência à tensão;
  • borracha de ligação: possui características de adesão, estabilidade e acamamento; e
  • cobertura inferior: que protege a carcaça de ações advindas do processo entre a esteira transportadora, tambores e roletes.

Assim, têm como finalidade a garantia de um transporte mais eficiente. Por isso, precisam que sejam resistentes e de alta qualidade para que se evitem acidentes ou grandes gastos com manutenções em curtos períodos.

ebook de correias transportadoras

No caso de transportadores para materiais muito pesados, como pedras e cimentos, o cuidado deve ser redobrado com as correias.

Contar com peças e componentes adequados para cada aplicação se torna uma obrigação para as indústrias. Pois, eles são essenciais para os equipamentos que fazem o transporte de materiais.

Mas qual a origem da correia transportadora?

Não se tem como precisar uma data específica de quando e por quem as correias foram inventadas, mas em 1795 se têm registros do uso das primeiras correias transportadoras. Ou seja, durante a primeira Revolução Industrial.

Já os primeiros relatos em literatura técnica, foram publicados em 1848, Filadélfia, USA, por Olivier Evans, no livro The Young Mill Wright and Millers Guide.

Na época, a correia transportadora era um equipamento rudimentar. Construído em couro ou telas e que deslizavam por superfícies planas de madeira.

Era usada para o transporte de cereais para navios, somente em distâncias curtas, mais especificamente para carga e descarga.

Instalação da primeira correia transportadora?

origem da correia transportadora

Em 1804, foi instalada a primeira correia transportadora acionada por uma máquina a vapor. Esses inventos primitivos deram origem às modernas correias usadas atualmente.

As primeiras cintas (esteiras ou correias) em aço foram introduzidas em 1901 pela empresa sueca Sandvik, para uso em transporte de areia, carvão vegetal e cana-de-açúcar. Já o aço inoxidável só chegou na década de 1920, muito usado na indústria alimentícia.

A indústria automobilística foi responsável por mais avanços nessa maneira de transporte de material. Henry Ford, considerado pai da indústria moderna, em 1913, criou esse conceito da linha de montagem, pelo qual os veículos se deslocavam para serem montados.

Isso acontecia através de um sistema transportador que levava o veículo a ser construído pelos operários – e não ao contrário, como antes.

Cada setor da linha fazia sua parte na montagem do componente. Assim, obtinha-se um custo de fabricação e de venda bem mais interessantes.

As correias nos dias atuais

correias transportadoras nos dias atuais

Com o tempo, claro, o invento foi sendo aprimorado. Foram descobertas novas funções, além de materiais mais modernos, resistentes e fáceis de se trabalhar e com melhores resultados.

Hoje, não se imagina a movimentação de materiais sem o uso das correias transportadoras. Elas trazem maior segurança e, principalmente, ganho em economia de mão de obra. Consequentemente, aumento de produtividade.

Transportador de correia: como são classificados?

Transportadores de correias são classificados de várias maneiras. Entretanto, vale ressaltar que sua construção é o que garantirá se a correia é adequada ou não para a sua aplicação ou para atender suas principais propriedades:

  • Absorção de energia proveniente do choque dos materiais durante o carregamento;
  • Transporte nas melhores condições de estabilidade, de modo a evitar ou minimizar perdas por projeção, ou fracionamento; e
  • Transmissão de tensões resultantes de resistências de deslocamento.

Ou seja, são as correias transportadoras que dão estabilidade aos mecanismos e permitem suportar variações de tensão que ocorrem durante as várias fases do transporte.

Tipo de correia transportadora

Em função da sua forma, a correia transportadora pode ser classificada em:

  • Correias lisas;
    • Correias com taliscas ou bordas sanfonadas;
    • Correias de cobertura;
    • Correias elevadoras;
    • Correias deslizantes;
    • Entre outros.

Em função da forma de operação:

  • Correias planas;
  • Correias abauladas;
  • Correias em U;
  • Correias tubulares;
  • Correias com perfil de centragem;
  • Correias circulares.

Em função do ângulo de inclinação do transportador:

  • Correias com nervuras ou taliscas com altura <20 mm – operam com ângulos compreendidos entre 20º e 35º;
  • Correias com nervuras ou taliscas com altura >20 mm – operam com ângulos compreendidos entre 35º e 45º;
  • Correias com bordas de contenção e taliscas com altura >75 mm – operam com ângulos compreendidos entre 45º até 90º
  • Correias do tipo sanduíche – operam com ângulos compreendidos entre 60º e 90º;
  • Correias elevadoras – operam com ângulos superiores a 85º.

Classificação em função do tipo de aplicação da correia transportadora:

  • Correias de uso geral;
  • Correias para contato com material oleoso;
  • Correias para contato com produtos químicos;
  • Correias resistentes a altas temperaturas;
  • Correias resistentes a baixas temperaturas;
  • Correias resistentes à extrema abrasão;
  • Correias resistentes à chama;
  • Correias para produtos alimentares;
  • Correias antiestáticas;
  • Entre outros.

Tipos de borracha de revestimento da correia transportadora:

  • Revestimentos para uso geral;
  • Revestimentos resistentes aos óleos;
  • Revestimentos resistentes a produtos químicos;
  • Revestimentos resistentes a altas temperaturas;
  • Revestimentos resistentes a baixas temperaturas;
  • Revestimentos resistentes à chama;
  • Revestimentos para contato com produtos alimentares;
  • Revestimentos antiestáticos;
  • Revestimento resistente à extrema abrasão;
  • Entre outros.

Tipo de bordas:

  • Correias transportadoras com bordas moldadas;
  • Correias transportadoras sem orlas e bordas não vedados.

Tipo da superfície de transporte;

  • Correias com a superfície lisa;
  • Correias com a superfície corrugada;
  • Correias com taliscas (Retas, em Y, V etc);
  • Correias com bordas de contenção (band-a-bord).

Tipos de carcaça da correia transportadora:

  • Carcaça têxtil;
  • Carcaça mista (têxtil e metálica);
  • Carcaça metálica (Cabos de aço);
  • Carcaça em aramida;
  • Entre outros.

Formas de fornecimento das correias transportadoras:

  • Correias abertas;
  • Correias sem-fim.

Principais correias transportadoras usadas

Correias transportadoras usadas principalmente em processos que exigem um alto volume de transporte de materiais. Também em automação industrial (como veremos logo a seguir).

Possuem ampla aplicação na indústria em processos onde a movimentação de material exige um fluxo contínuo e de alto volume.

Como resultado, as principais correias transportadoras usadas, são:

Correia transportadora para mineração

correia transportadora para mineraçãoSão correias usadas principalmente no processamento de minério, brita, areia e cimento. No Brasil são indispensáveis em qualquer mineradora.

Após extraído da lavra, o minério é transportado para as próximas etapas do beneficiamento para a classificação e estocagem. Isso se dá através da correia transportadora para mineração que pode ser utilizada em longas distâncias.

Um bom exemplo está na usina de beneficiamento de minério de ferro do Complexo Vargem Grande. Ele compreende, além da usina, o Terminal Ferroviário de Andaime e as minas de Abóboras, Capitão do Mato e Tamanduá.

O transportador de correia usado percorre por oito quilômetros para chegar até a usina Vargem Grande.

Correia transportadora de borracha para logística

correia transportadora de borracha para logísticaOutro setor onde o sistema de transportador de correias é muito usado é a logística. Abrange deste a logística de armazéns ou centro de distribuição até operações portuárias.

A correia transportadora usada para a logística também é conhecida como esteira transportadora. Exceto em operações portuárias para carregamento de minério de ferro em navios. Esse setor ainda adota o termo correia transportadora.

De modo geral elas são utilizadas para carga e descarga de algum material, a granel ou em volume.

Importante: neste artigo estamos tratando de esteiras transportadoras fabricadas em borracha.

Existem esteiras para transporte de material fabricadas em outros materiais como PVC, Nylon e Metal. Em algumas aplicações logísticas a esteira transportadora é construída somente por roletes ou rodízios livres.

Estas são mais conhecidas como esteiras transportadoras flexíveis ou fixas. São utilizadas em maior escala quando se tem alto volume de material transportado leve.

Correia transportadora de borracha usada na agricultura

correia transportadora agrícoloa continental contitech semeadura e colheitaA indústria agrícola também faz um bom uso de correias e esteiras transportadoras. Principalmente no transporte de grãos e colheita.

Exige resistência em condições muito difíceis. Por exemplo:

  • Resistência à abrasão e ruptura,
  • variações de temperaturas,
  • exposições à água, aos óleos e gordura.

Portanto, as correias agrícolas para semeadura e colheita precisam ser duráveis. Assim, minimiza o tempo de inatividade e manutenção e garantem que a colheita seja concluída no prazo.

Umas das principais fabricantes de correia transportadora agrícolas duráveis é a Continental correias. Ela possui um catálogo de correias industriais muito amplo que atende diversas aplicações.

As principais são:

  • Correias de recolhimento
  • Correias de enfardadeira – correias envoltas sem fim
  • Correias alimentadoras perfiladas
  • Correias para elevador de balde e de sementes
  • Correias de lona para cabeçotes de cortador
  • Correias de enfardadeira – pré-cortadas e atadas
  • entre outras.

Veja a nossa linha completa de correias e esteiras.

Correia transportadora de borracha na indústria automobilística

Pioneira no uso de correias ou esteiras para transporte, a indústria automobilística é um dos setores que mais utilizam a correia transportadora.

Em várias etapas do processo pode ser encontrado uma correia transportadora em uso:

  • Carrocerias de automóveis de passageiros ou cabines de caminhão em patins;
  • Carros de passageiros parcialmente montados em plataformas de montagem;
  • Carros de passageiros acabados nas próprias rodas;
  • Operadores em linhas de montagem;
  • Paletes e caixas em operações de fluxo de material e armazenamento;

Correias para automação industrial são alternativa econômica para transporte horizontal e vertical.

Correias transportadoras industriais

correias transportadoras industriais continental contitech para uso geralA correia transportadora industrial contempla aplicações de características variadas. Como exemplo, temos:

  • Esteira ou Correia Transportadora para Cerâmica
  • Correia Transportadora para Reciclagem
  • Correia Transportadora Sanfonada
  • Correias e esteiras Taliscadas
  • Esteiras Transportadoras Curvas

A aplicação de uma correia ou esteira transportadora é ampla. Sua seleção deve ser feita em função de critérios técnicos.

Você sabe qual é a mais indicada para o seu processo? Veja quais fatores são importantes para a seleção de uma correia transportadora.

Seleção de uma correia transportadora

Para a seleção de uma correia transportadora é importante fazer uma boa análise da sua aplicação. Ou seja, avaliar qual o seu processo e qual o tipo mais indicado para o seu uso.

É preciso analisar as condições de uso da correia, antes mesmo da sua compra. Leve em consideração
fatores como: tipo de empresa, ambiente agressivo, temperatura, entre outros.

Mas, para uma análise mais detalhada você precisa saber quais informações considerar na escolha da sua correia.

Veja quais informações em nosso artigo sobre Seleção de uma correia transportadora para seu projeto.

Resumindo

Esperamos que tenha gostado deste conteúdo. Ele foi preparado pela equipe de especialistas em correias transportadoras da ABECOM, tendo como referência de informação o site Ciência e da Tecnologia da Borracha.

Procurando correia transportadora? Consulte nossa equipe!

ABECOM – Qualidade em correias

A ABECOM fornece apenas produtos de qualidade premium, com alta tecnologia e resistência para seus clientes.

Aqui você encontra correias transportadoras Continental para aplicação nos mais diversos tipos de transportadores. Fornecemos para todos os segmentos industriais, tais como: papel e celulose, alimentos, siderurgia, petroquímica, mineração, construção civil e muitos outros.

Todos eles podem contar com nossos produtos em seus equipamentos. A ABECOM garante os melhores resultados para todos os projetos, conseguindo total satisfação de empresas e clientes, tanto no processo como para o operador.

Além disso, nossa equipe é altamente treinada para ajudá-lo em suas dúvidas e auxiliá-lo na aplicação e manutenção de suas correias.

Para garantir produtos de alta qualidade em seu projeto, basta entrar em contato. Nossa equipe comercial está sempre à disposição para lhe oferecer as melhores soluções!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags