logo-home-nova-1.webp

Plano de manutenção industrial: Comece 2023 com seus equipamentos em dia.

plano de manutenção industrial para máquinas e equipamentos

Iniciar o ano com os equipamentos em dia é fundamental para garantir a eficiência e segurança do seu negócio. Um plano de manutenção bem elaborado organiza as operações de manutenção para que elas sejam realizadas de forma regular, evitando possíveis falhas e paradas não planejadas

Neste artigo, vamos discutir o que é um plano de manutenção de equipamentos industriais e mostrar um passo a passo sobre como elaborá-lo de forma eficaz. Você também verá porque é importante para vários tipos de empresas terem este documento. 

Comece 2023 com a certeza de que seus equipamentos estão em bom estado e melhore a competitividade e segurança de sua empresa. Continue lendo este artigo para saber mais.

O que é plano de manutenção? 

O plano de manutenção é um documento que especifica a periodicidade das atividades de manutenção, além de indicar em quais equipamentos essas intervenções devem ser realizadas, de forma clara e objetiva.

como elaborar um plano de manutenção

Como elaborar um plano de manutenção?

O passo a passo abaixo deve servir como exemplo de como fazer um plano de manutenção de equipamentos:

  1. Identificar os equipamentos da empresa.

Esta é a primeira etapa, ela é crucial na gestão de ativos de uma empresa. Deve-se identificar todos os equipamentos e sistemas que são utilizados nas operações diárias, incluindo suas localizações, modelos, números de série e histórico de manutenção. 

Tudo isso permite um melhor PCM – Planejamento e Controle de Manutenção, facilitando o acompanhamento e rastreamento de problemas e falhas. 

Também é essencial manter as informações atualizadas e acessíveis a todos os membros da equipe de manutenção para facilitar a comunicação entre os colaboradores.

  1. Identificar quais são os sistemas críticos para o funcionamento da empresa.

Isso deve ser feito através de uma tabela de criticidade. Além da identificação mostrada no passo anterior, esta tabela deve conter outras informações referentes aos equipamentos em operação, como: 

  • sua importância para os processos; 
  • os impactos de sua falha na segurança; 
  • a dificuldade de sua substituição; 
  • a frequência de sua manutenção. 

Em seguida, cada item deve ser avaliado de acordo com critérios pré-estabelecidos e uma pontuação é atribuída. Esses pontos são usados para classificar os itens em ordem de criticidade, permitindo que a equipe de manutenção saiba onde priorizar seus esforços e recursos. 

  1. Determinar a frequência e tipo de manutenção necessária para cada item.

Este passo é crucial para prolongar a vida útil dos equipamentos e manter a segurança de sua operação.

Fatores como tipo e intensidade de uso, idade, e ambiente de trabalho devem ser levados em consideração, além das recomendações do fabricante. A reunião dessas informações é indispensável para traçar um plano de manutenção otimizado para cada equipamento.

  1. Criar uma tabela de programação de manutenção.

Esta tabela deve levar em conta todas as informações obtidas nas etapas anteriores. A partir delas é possível detalhar as tarefas de manutenção necessárias para cada equipamento.

Em seguida, é necessário atribuir os responsáveis por cada máquina, tanto do nível operacional ao nível gerencial. Finalmente, estabeleça prazos para cada tarefa, incluindo a data de início e término.

A tabela deve ser revisada e atualizada, para garantir que as necessidades de manutenção sempre sejam atendidas.

  1. Definir procedimentos de manutenção.

Os procedimentos de manutenção devem incluir instruções detalhadas para cada tarefa, descrevendo os passos a serem seguidos, as ferramentas e peças necessárias e as precauções de segurança. 

É importante que as instruções sejam de fácil compreensão e acessíveis para todos os funcionários envolvidos na manutenção.

  1. Estabelecer indicadores de desempenho de manutenção.

Os indicadores de desempenho (KPIs) são ferramentas valiosas para medir e avaliar a efetividade do plano de manutenção de uma empresa. Para isso, primeiro deve-se definir claramente os objetivos da manutenção, como, por exemplo, a disponibilidade de um equipamento. 

Em seguida, é necessário selecionar as métricas adequadas para medir cada objetivo, como a taxa de falhas e o tempo de inatividade dos equipamentos, ou o número de acidentes de trabalho. 

Também é preciso estabelecer metas claras e alcançáveis, além de  monitorar regularmente os KPIs para identificar tendências e tomar medidas corretivas.

  1. Implementar, monitorar e ajustar o plano de manutenção.

A implementação é a etapa final, em que os procedimentos de manutenção são realizados de acordo com todos os critérios estabelecidos nos passos anteriores.

Nesta etapa, o monitoramento dos indicadores de desempenho serve como base para avaliação do plano como um todo. 

Através da análise dos KPIs pode-se identificar, por exemplo, se um equipamento precisa de manutenções preventivas mais frequentes ou se o número de funcionários da equipe de manutenção são suficientes para uma determinada linha de produção.

Caso sejam identificadas necessidades de ajustes no plano de manutenção de equipamentos, eles devem ser realizados e o plano atualizado para garantir que seus objetivos sejam sempre alcançados. 

Quais os tipos de plano de manutenção?

Existem três tipos principais de manutenção, e os planos podem focar especificamente nelas: 

Plano de manutenção preventiva.

Envolve a identificação de tarefas de manutenção que devem ser feitas em períodos definidos para evitar defeitos antes que eles ocorram. 

Essas tarefas são programadas com base na idade, histórico do equipamento e de orientações do fabricante. Uma vez realizadas, as ações de manutenção preventiva devem ser registradas para manter o banco de dados atualizado. Isso facilita a identificação de tendências e quais problemas são recorrentes.

Plano de manutenção preditiva.

É elaborado com base no monitoramento de padrões que indiquem a proximidade de um falha num equipamento.  Por isso a manutenção pode ser planejada antes que a falha ocorra. 

Sendo assim, a manutenção preditiva acontece numa frequência diferente da manutenção preventiva. Enquanto que a primeira é feita apenas quando a máquina dá sinais que um defeito está próximo de ocorrer, a última acontece em intervalos bem definidos.

Plano de manutenção corretiva.

Tem como base a reparação de equipamentos depois que eles apresentam falhas. O objetivo é corrigir o defeito e restaurar o equipamento às suas condições operacionais normais.

Sendo assim, como essa manutenção pode ser planejada? Na verdade, pode-se prever que peças mais baratas e de criticidade muito baixa vão falhar num determinado momento e esperar que o defeito ocorra para a sua substituição. 

No caso de peças e equipamentos de maior custo e criticidade, essa abordagem pode resultar em perda de produção e longas paradas desnecessárias.

Por isso, a manutenção corretiva sozinha não é suficiente para otimizar a disponibilidade e confiabilidade dos equipamentos. É necessário combiná-la com as manutenções preventiva e preditiva para uma gestão de ativos completa.

Qual a importância de um plano de manutenção?

O plano de manutenção é importante pois permite que uma empresa mantenha seus equipamentos e instalações funcionando de forma eficiente, prevenindo falhas ou interrupções desnecessárias

Ele também ajuda a prolongar a vida útil dos equipamentos, otimizar a utilização de recursos e aumentar a segurança no local de trabalho.

Um plano de manutenção de equipamentos bem elaborado serve de base para a organização de todas as ações de manutenção de uma empresa. Isso garante que os serviços sejam realizados dentro dos prazos e recursos programados.

Quais empresas devem ter um plano de manutenção?

Todas as empresas que precisam manter suas máquinas e sistemas em boas condições de funcionamento devem ter um plano de manutenção. Isso inclui indústrias, prestadoras de serviços, edifícios comerciais, hospitais, escolas e universidades, entre outros.

Quais tecnologias contribuem para elaborar e executar corretamente o seu plano?

tecnologias para planejamento das atividades de manutenção

Mas hoje em dia, a melhor forma de se elaborar e executar um plano de manutenção eficaz é usando tecnologias avançadas. Veja alguns exemples de quais tecnologias contribuem para a elaboração e execução do plano de manutenção.

Software de Gestão
O controle de gestão é a tecnologia mais importante para a criação de um plano de manutenção. É responsável pelo acompanhamento da execução dos planos, permitindo que as empresas acompanhem os processos de manutenção de forma eficaz. Com um software de gestão de manutenção, é possível controlar os gastos com materiais, ferramentas e mão de obra, além de organizar as equipes de trabalho e acompanhar o desempenho dos funcionários.

Big Data
O uso do Big Data também é essencial na elaboração e execução de planos de manutenção. O Big Data ajuda a identificar padrões e tendências em relação aos dados coletados, o que auxilia na tomada de decisões mais acertadas. Dados analisados a partir do Big Data também podem contribuir para avaliar as necessidades de manutenção e planejar os serviços de acordo com as informações.

Realidade Aumentada
A Realidade Aumentada é uma ótima tecnologia para melhorar os processos de manutenção. Ela permite que os técnicos interajam visualmente com um ambiente virtual, o que contribui para a captura, análise e interpretação de dados. Isso é útil para identificar possíveis problemas, acompanhar o progresso da manutenção e, é claro, facilitar a realização de manutenções de forma eficaz.

realidade virtual e realidade aumentada na manutenção de equipamentos

Internet das Coisas
Por último, mas não menos importante, a Internet das Coisas (IoT) é uma tecnologia essencial na elaboração e execução de planos de manutenção. O IoT permite que as equipes de manutenção monitorem remotamente os equipamentos, eliminando a necessidade de deslocamentos desnecessários e reduzindo os custos. Além disso, os dados obtidos a partir do IoT oferecem informações precisas sobre os equipamentos e sobre o modo como eles estão funcionando.

Como você pôde ver, há muitas tecnologias disponíveis que permitem a elaboração e execução de planos de manutenção eficazes. Softwares de gestão, o Big Data, a Realidade Aumentada e a IoT são algumas das tecnologias que contribuem para o aprimoramento dos processos de manutenção.

A melhor parceria para seu plano de manutenção industrial.

Se você quer que seu plano de manutenção industrial funcione bem, vai precisar de uma empresa que tenha know-how e décadas de experiência em vendas de componentes e ferramentas para manutenção. 

Um plano de manutenção de equipamentos não vai funcionar sem ter peças com qualidade comprovada.

A Abecom é uma distribuidora autorizada SKF que vai além de fornecer componentes para as indústrias. Também auxilia seus clientes para que tenham produtividade, eficiência e performance em seus equipamentos rotativos.

Somos um distribuidor que oferece soluções completas para os problemas mais críticos de sua fábrica.

Diferenciais Abecom

  • Consolidação no fornecimento de vários produtos,
  • Cronograma de Atividades Key Account,
  • Gestão estratégica de estoque,
  • Equipe de vendas altamente qualificada,
  • Logística para todo o território nacional direcionada para contratos,
  • Atendimento 24 horas,
  • Sistema de compras on-line integrado,
  • Loja In Company,
  • Gestão de lubrificação e software de Lubrificação em nuvem (ABECLUB),
  • REP Center com diagnósticos integrados, informação de disponibilidade de produto, aumento do MTBF e gestão a vista,
  • Treinamentos customizados presenciais ou on-line,
  • Savings Documentados,
  • Otimização de cadastros e redução de inventários,
  • Engenharia de aplicação.

Se você deseja mais informações sobre como podemos ajudá-lo, entre em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags