logo-home-nova-1.webp

Manutenção reativa: 6 motivos para sua empresa não usar esse tipo de manutenção.

manutenção reativa 6 motivos para fugir dela

A manutenção reativa é um método de manutenção que espera o equipamento apresentar um problema para então agir. Geralmente, esse tipo de manutenção é mais caro e pode causar mais problemas do que a manutenção proativa.

Mesmo assim, existem empresas que ainda insistem nesse modelo. No entanto, ela pode trazer sérios problemas, como paradas não programadas, perda de produtividade e até acidentes. 

Neste artigo, vamos mostrar por que sua empresa deve fugir da manutenção reativa.

Definição de Manutenção Reativa

De forma direta, a definição  de Manutenção Reativa (MR) é: estratégia de manutenção que atua nos problemas de uma máquina somente quando eles surgem. Ou seja, as ações de reação na MR esperam as falhas ocorrerem ou o equipamento apresentar mau funcionamento. 

Em outras palavras, ela é basicamente uma manutenção corretiva não planejada.

Por que é importante abandonar a manutenção reativa?

Existem diversos motivos pelos quais as empresas devem abandonar esse modelo de manutenção Em primeiro lugar, ela acaba sendo extremamente custosa, pois implica em paradas não programadas das máquinas e equipamentos, o que gera prejuízos financeiros. 

Além disso, a manutenção reativa pode causar atrasos nos processos produtivos e até mesmo interferir na qualidade dos produtos.

Outro ponto é que ela não resolve os problemas de forma definitiva, pois apenas corrige as falhas existentes. É importante ressaltar que esses problemas podem surgir novamente no futuro, o que significa que a empresa terá que enfrentar os mesmos custos e transtornos outra vez.

Desvantagens da Manutenção Reativa

Como a manutenção reativa é o tipo de manutenção que só ocorre após a falha acontecer, pouco se trabalha na causa ou origem do problema. 

Literalmente o foco é colocar o equipamento para funcionar o mais rápido possível.

Então, deixa-se de lado os fatores que provocaram a falha, como desgaste natural, má qualidade dos componentes ou falta de lubrificação, por exemplo. 

Sendo assim, a manutenção reativa apresenta diversas desvantagens para as empresas, especialmente as industriais.

1. Aumento dos custos 

Uma das principais desvantagens da manutenção reativa é o aumento dos custos. Isso acontece porque ela é mais cara do que a preventiva ou preditiva. Além disso, geralmente exige mais tempo e recursos para ser realizada. Ainda, a manutenção reativa pode gerar custos adicionais, como os custos com reparos e peças extras.

aumento dos custos com a manutenção reativa
aumento dos custos com a manutenção reativa

2. Problemas com a qualidade

Outra desvantagem da manutenção reativa é que ela pode afetar negativamente a qualidade dos produtos ou serviços. Isso acontece porque, geralmente, as máquinas e equipamentos que apresentam problemas devem ser devolvidos rapidamente ao seu pleno funcionamento.

Assim, não se faz uma análise criteriosa do problema. Com isso, há um grande risco de que os problemas voltem a acontecer novamente.

3. Menor produtividade

Uma consequência direta da manutenção reativa é a diminuição da produtividade das empresas. Isso porque as máquinas e equipamentos que apresentam problemas precisam parar para conserto sem ter um planejamento. 

Como resultado, afeta diretamente a produtividade da empresa. Além disso, esses problemas podem causar atrasos nos processos produtivos ou na entrega dos produtos para os clientes finais.

4. Riscos à segurança 

Outro aspecto negativo relacionado à manutenção reativa é o risco à segurança dos trabalhadores envolvidos nas atividades industriais. Isso acontece porque as falhas nas máquinas e equipamentos podem causar acidentes graves, como explosões ou derrames de produtos químicos perigosos. 

Além disso, esses problemas podem interferir diretamente na rotina de trabalho dos funcionários e prejudicar sua segurança no ambiente industrial.

5. Aumento de estoque

Além das desvantagens citadas até aqui, existe outra que é pouco observada. O aumento de estoque de peças de reposição.

Como resultado, os custos de inventário sobem para que se mantenham disponíveis as peças mais críticas de uma máquina, os itens de MRO.

Isso mesmo! Deixar para agir no equipamento somente quando ele falha, obriga as empresas terem peças sobressalentes em estoque para que possam realizar as manutenções corretivas de emergência.

Por mais que haja uma política efetiva de gestão de estoque, a manutenção não programada traz sérias consequências para o Supply Chain da empresa.

6. Compras emergências

Não ter uma programação de compras é ruim para qualquer empresa. No setor de manutenção isso agrava ainda mais os processos quando se escolhe a manutenção reativa como estratégia.

Certos componentes industriais não são de prateleira, demandam tempo de fabricação.

Mesmo que sejam itens padronizados, seu distribuidor parceiro pode não ter a peça disponível em estoque. Aí o setor de compras terá que se virar para conseguir outro fornecedor e, talvez, não conseguir negociar o preço conforme a última compra. Além disso,  ainda haverá o custo do frete emergencial. 

Enfim, fica claro que não há vantagem alguma para a empresa em comprar de última hora.

Diante disso tudo que foi apresentado, qual a alternativa para a manutenção reativa nas empresas?

Manutenção proativa: um caminho para as indústrias terem mais eficiência na manutenção de máquinas e equipamentos.

A manutenção proativa é uma estratégia de manutenção de máquinas e equipamentos que visa a prevenção de problemas e a maximização da eficiência. 

Ou seja, ela atua na identificação de potenciais problemas antes que eles ocorram, bem como desenvolver planos para corrigi-los quando surgirem.

Nesse sentido, trabalha-se com a engenharia de confiabilidade para que as ações de manutenção tenham o menor impacto possível nos processos produtivos.

O foco está na manutenção centrada na confiabilidade, com práticas de análises e monitoramento constante para identificar as falhas ainda em estágios iniciais.

A manutenção proativa traz vantagens para as fábricas industriais como, por exemplo:

1. Maximização da eficiência: Com a manutenção proativa, pode-se manter as máquinas e equipamentos funcionando por mais tempo. Isso otimiza e maximiza a produtividade. Mas, também pode significar um menor número de paradas não programadas para reparos, o que representa um grande benefício para qualquer empresa industrial.

2. Prevenção de problemas: A manutenção proativa também pode evitar que pequenos problemas se tornem grandes falhas, reduzindo assim o risco de paralisações das linhas de produção. Isso pode representar uma significativa economia de custos na indústria.

3. Melhoria da confiabilidade dos ativos: Por fim, é importante lembrar que a manutenção proativa também pode melhorar significativamente a confiabilidade dos equipamentos nas fábricas industriais. Isso se torna particularmente importante quando se consideram os riscos associados às paradas de máquinas em equipamentos altamente complexos e que precisam trabalhar continuamente.

Bom, até aqui você já entendeu as diferenças entre a manutenção reativa e a manutenção proativa.

Agora veja o que sua empresa pode fazer para reduzir os impactos das manutenções não planejadas.

Manutenção proativa exemplos

Vimos até aqui que a manutenção proativa é o melhor caminho para as indústrias terem mais eficiência na manutenção de máquinas e equipamentos. 

Existem três tipos principais de manutenção proativa que qualquer indústria pode utilizar na manutenção de suas máquinas e equipamentos industriais: a manutenção preventiva, a manutenção preditiva e a manutenção baseada em condições. 

A manutenção preventiva é o tipo de manutenção proativa que envolve a execução de serviços em intervalos regulares com base no tempo previsto de vida útil do componente. Seu objetivo é evitar falhas nas máquinas e equipamentos por quebra ou desgaste prematuro. 

Já a manutenção preditiva é o tipo de manutenção proativa que envolve o uso de técnicas para analisar o desempenho da máquina, com o objetivo de identificar estágios iniciais da falha. 

Por fim, temos a manutenção baseada em condições, que é o tipo de manutenção que visa identificar e corrigir problemas antes que eles causem a parada da máquina. Utiliza parâmetros específicos de funcionamento da máquina, que são monitorados continuamente para detectar anomalias. Assim, quando um problema é identificado, a manutenção pode ser realizada antes que ele cause uma falha na máquina.

Qual é o papel da gestão proativa na manutenção para melhorar a eficiência das máquinas?

A gestão de manutenção tem um papel fundamental para melhorar a eficiência das máquinas, uma vez que é o setor responsável pelo planejamento, coordenação e execução das atividades de manutenção. 

A empresa que adotar a gestão de manutenção proativa, vai antecipar problemas e trabalhar para aumentar a vida útil e reduzir custos com reparos dos equipamentos. 

Logo, se ficar presa somente às manutenções reativas, os esforços se concentram somente em solucionar problemas quando eles surgem. O que pode gerar custos extras com reparos e atrasos na produção. 

Sendo assim, é evidente que a gestão de manutenção deve ser proativa, pois é mais eficiente do que a reativa. Dessa forma, evita problemas futuros e mantém as máquinas em funcionamento por mais tempo.

Se você se convenceu de que não deve trabalhar com a manutenção reativa, veja as soluções que a ABECOM pode oferecer para manter a confiabilidade e produtividade de suas máquinas industriais.

Somos mais que distribuidora de rolamentos, componentes e ferramentas para manutenção industrial.

Temos estrutura, tecnologia e experiência na gestão de ativos para a produção e processos industriais. Fale com um de nossos especialistas.

Uma resposta

  1. Ola boa tarde eu sou Luiz de Oliveira ,sou gestor em manutenção industrial ,quero parabenizar os autores desses artigos ,muito bem explicado de uma forma clara e objetiva .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags