logo-home-nova-2

Guia Completo para Manutenção Produtiva Total: como ela melhora a eficácia da sua fábrica?

TPM - Manutenção Produtiva Total
Getting your Trinity Audio player ready...

A manutenção produtiva total (TPM – Total Productive Maintenance) é uma metodologia com foco na melhoria da produtividade, minimizando erros e gargalos de processo. O objetivo é alcançar “zero defeitos, zero acidentes e zero atrasos” no local de trabalho. 

A ideia por trás do TPM é que a manutenção deve ser feita na hora certa, da maneira certa, com as ferramentas certas e por pessoas competentes. Também garante que todo o trabalho necessário seja feito seguindo uma abordagem sistemática.

Para que serve a Manutenção Produtiva Total?

A manutenção produtiva total (TPM) auxilia gestores para terem uma abordagem sistemática de planejamento, implementação e manutenção de equipamentos e máquinas industriais.

Após o fim da Segunda Guerra Mundial, a produtividade das empresas diminuiu em grande parte porque a demanda por bens não era tão alta quanto durante a guerra. Em resposta, as empresas adotaram uma variedade de abordagens diferentes para aumentar a produtividade.

Uma dessas abordagens foi o TPM.

Confira agora como ela pode melhorar a eficiência dos seus equipamentos.

8 pilares da manutenção produtiva total (tpm)

8 pilares da manutenção produtiva total TPM

A manutenção produtiva total é uma estratégia de manutenção que reduz a necessidade de manutenção reativa. Em outras palavras, evita que a empresa sofra com paradas não planejadas.

Os 8 pilares são:

1. Manutenção Autônoma

O conceito da manutenção autônoma é treinar os operadores de suas máquinas para realizar manutenções simples. Além de evitar longas paradas na produção, com os operadores treinados para realizar pequenos reparos, não precisará acionar tanto o setor de manutenção.

O operador é fundamental para se ter uma máquina bem conservada.

2. Manutenção Planejada

A manutenção planejada é uma parte importante dentre os pilares da Manutenção Produtiva Total. É o processo de monitoramento, inspeção e reparo de equipamentos, máquinas e ferramentas para evitar problemas futuros.

Isso porque a quantidade de tempo gasto em manutenção aumentará à medida que o equipamento envelhece.

Assim, a manutenção preventiva, a manutenção preditiva e o monitoramento de condições, ajudarão a descobrir falhas ainda em estágios iniciais.

Manutenção preventiva – trata-se de um processo de inspeção regular e manutenção das máquinas com base em tempo. Então, define-se um cronograma de trocas dos componentes conforme a vida útil projetada pelo fabricante.

Manutenção preditiva – é o tipo de manutenção que utiliza análises preditivas nas máquinas para prever quando elas falharão. Assim, a empresa pode programar as paradas antes de um componente quebrar. Análises de vibração, termografia, ultrassom, análise de óleo, são algumas das técnicas utilizadas.

Saiba mais sobre essas e outras técnicas em nosso artigo: O que é manutenção Preditiva?

Monitoramento de condições – ele serve para saber o quão bem as máquinas estão funcionando. Nesse sentido, coleta-se dados do equipamento ao longo do tempo para identificar tendências e padrões em seu desempenho. Aqui, o uso de sensores e tecnologia de monitoramento on-line são imprescindíveis para o sucesso das ações. 

3. Manutenção da Qualidade

Para garantir que as manutenções sejam eficientes, os gestores devem contar com ferramentas de qualidade como, procedimentos operacionais padrão (Pop) e Poka-Yoke para detectar e eliminar erros.

Poka-Yoke é um sistema que inclui barreiras e sensores. Portanto, qualquer coisa que impeça que o erro aconteça, incluindo obstáculos físicos e dispositivos. Isso também é importante para garantir a segurança no trabalho com os equipamentos.

POPs são procedimentos escritos usados na execução correta das tarefas. Além dos métodos, também define quais ferramentas o operador deve utilizar na sua atividade.

4. Melhoria Contínua

O TPM também se concentra em encontrar maneiras de tornar o equipamento mais eficiente. Nesta fase, as equipes de produção, manutenção e qualidade podem trabalhar em conjunto para identificar possíveis melhorias.

Os gestores devem usar indicadores de desempenho para medir a eficiência de seus equipamentos e processos. A chave para um sistema de gestão de desempenho bem-sucedido é ter indicadores que realmente sejam úteis na manutenção dos equipamentos.

Veja em nosso artigo os principais indicadores para a manutenção de máquinas e equipamentos industriais.

5. Envolvimento da Gestão

A Manutenção Produtiva Total é ótima para melhorar a eficiência e a produtividade, mas não pode ser restrita ao chão de fábrica – em vez disso, a empresa também deve procurar maneiras de aplicá-la nas áreas administrativas.

6. Estratégia de Comunicação Abrangente e Mecanismo de feedback claro

É importante ter uma estratégia de comunicação e um mecanismo de feedback claro para que a equipe possa trabalhar em conjunto e com eficiência. Os colaboradores engajam muito mais quando sabem quais são os objetivos e importância da participação deles.

Por isso, o mecanismo de feedback deve ser fácil e com foco na crítica construtiva.

7. Programas consistentes de treinamento e educação

É importante capacitar os colaboradores de todos os níveis. Ao melhorar as pessoas, sua empresa melhora os processos. Consequentemente, melhora o resultado.

Os programas de treinamento podem ser sobre as melhores práticas de manutenção, operação e produtividade. Ou ainda, sobre mudanças nos métodos e processos de gestão.

ABECOM oferece diversos treinamentos e Webinars para aumentar o conhecimento da sua equipe e, consequentemente, os resultados na manutenção. Saiba mais sobre o nosso Box de Treinamento.

8. Segurança no trabalho e questão ambiental

Não se trata só de produtividade, melhorias no processo também servem para melhorar a saúde dos colaboradores e reduzir os impactos ambientais que a empresa possa causar.

Na manutenção produtiva total as inspeções preventivas nos equipamentos vão aumentar a segurança para os funcionários.

Da mesma forma que as melhorias no ambiente de trabalho e adequações às normas como NR-12 e NR-10 evitam acidentes.

Mas, não podemos esquecer que na indústria há também uma alta geração de resíduos. Ter um sistema de gestão ambiental permite que a empresa diminua os impactos dos seus processos no meio ambiente.

Quais são os principais benefícios da Manutenção Produtiva Total?

Manter os equipamentos em pleno funcionamento é vital para o sucesso de qualquer empresa. Por isso é importante adotar práticas que garantam a disponibilidade dos equipamentos, aumentem a qualidade dos produtos e reduzam custos.

Com a manutenção TPM, as empresas podem melhorar significativamente o desempenho de seus equipamentos e, consequentemente, aumentar a produtividade.

Existem muitas razões pelas quais essa metodologia é importante para as empresas. A seguir, listamos alguns dos principais benefícios da TPM para as empresas:

1. Aumento da disponibilidade dos equipamentos

Saiba que as empresas podem aumentar significativamente a disponibilidade dos equipamentos. A disponibilidade é medida pelo tempo que eles estão funcionando em relação ao tempo total de operação. Ao implementar os pilares da Manutenção Produtiva Total, as empresas podem aumentar a disponibilidade dos equipamentos em até 30%.

2. Aumento da qualidade dos produtos

Uma vez que se compreende bem os conceitos, também ajuda a aumentar a qualidade dos produtos. Isso ocorre porque a TPM identifica e corrige os problemas de qualidade antes que eles afetem os produtos. As técnicas de análises preditivas podem representar para as empresas até 50% menos defeitos na fabricação dos produtos.

3. Redução de custos

Qual empresa não deseja reduzir seus custos produtivos? Nesse sentido, o conjunto de ações que permita alcançar “zero defeitos, zero acidentes e zero atrasos”, certamente faz as empresas reduzirem os custos.

Além disso, essa técnica de manutenção evita que os equipamentos parem fora da programação. Impactando também nos custos de manutenção. Assim, é possível a empresa programar as horas de trabalho da equipe e os componentes da máquina que realmente precisam em estoque.

Este último merece um destaque especial. Quando a empresa não monitora a máquina, dificilmente saberá quanto vai durar uma peça e quando deve trocá-la. E o que acontece com o estoque?

1- Pode faltar justamente a peça que quebrou. Isso traz duas consequências diretas: demora para o fornecedor entregar (ele pode não ter em estoque) ou ter que pagar mais para entregar com urgência.

2- Como medida de segurança, manter em estoque peças de reposição. Aí, nesse caso, a empresa vai aumentar os custos de compras e estoque.

Então, não é melhor ter um método para evitar que esses problemas ocorram?

Quais são os principais fatores de sucesso para a implementação da manutenção produtiva total?

Existem alguns fatores de sucesso a se considerar ao implementar o TPM. 

a) A primeira é ter a atitude correta em relação ao processo. Também é importante ter um bom entendimento dos processos de produção da empresa e saber a importância do TPM para esses processos.

b) Segundo, a implementação do TPM só será bem sucedida se houver um esforço contínuo da administração e dos funcionários, bem como o comprometimento da alta administração.

c) A Manutenção Produtiva Total é uma técnica que também contribui no controle de estoque. Portanto, ajuda a reduzir a quantidade de material parado e peças sobressalentes no estoque de uma empresa. Ou seja, é um método excelente para reduzir os níveis de estoque. 

Além disso, ela também ajuda a garantir que a empresa tenha o que precisa para ter sucesso no just in time dos seus processos.

Quais empresas devem adotar o TPM?

O TPM pode ser implementado em qualquer setor, mas é especialmente útil em instalações de fabricação onde há muitas máquinas envolvidas na produção.

Para implementar o TPM, você deve documentar todos os processos e fluxos de trabalho que ocorrem em suas instalações. 

Você também precisa identificar todos os possíveis pontos de falha para que possa desenvolver um plano para mitigar os riscos antes que eles ocorram. 

Por fim, você precisa garantir que todos em sua empresa entendam como o processo TPM funciona. Assim, podem ajudar a identificar problemas antes que causem tempo de inatividade ou outros problemas.

Como o programa TPM ajuda a reduzir quebras em máquinas e equipamentos?

Um estudo da Universidade de Cambridge revelou que é mais provável que ocorra uma pane na máquina quando ela estiver funcionando na capacidade máxima por um período prolongado. O programa TPM ajuda a reduzir as avarias das máquinas controlando a carga de trabalho e reduzindo a carga nas máquinas.

Ele faz isso por meio de seus três princípios fundamentais: manutenção preventiva, confiabilidade do equipamento e produção eficiente.

Portanto, pode-se observar que a Manutenção Produtiva Total ajuda as empresas reduzirem as quebras de suas máquinas. Isso porque, como dito anteriormente, o programa utiliza uma abordagem sistemática de manutenção e monitoramento de seus equipamentos.

Este processo ajuda as empresas a identificar problemas potenciais, medir o desempenho e melhorar o controle de qualidade.

Conclusão

A manutenção é um aspecto crucial de qualquer equipamento. Logo, é o processo que mantem suas condições e garante que ele não se deteriore. Isso inclui manutenção e reparos, que são necessários para qualquer máquina funcionar corretamente.

A manutenção produtiva total é uma maneira importante de manter um equipamento confiável ao longo do tempo.

Em um mercado cada vez mais competitivo, é importante ter uma instalação que possa maximizar seu desempenho. Uma maneira de fazer isso é implementando a Manutenção Produtiva Total (TPM). 

Lembre-se, é uma abordagem de gerenciamento de manutenção que ajuda a melhorar o desempenho de suas máquinas usando técnicas para garantir a confiabilidade dos ativos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags