Just in time: a chave para um bom controle de estoque.

just in time

O Just in Time (JIT) é mais do que apenas uma estratégia de gestão de estoques; é uma filosofia abrangente de gestão da produção e operações que visa eliminar desperdícios, melhorar a eficiência e promover uma cultura de melhoria contínua. Essa filosofia foi desenvolvida pela Toyota nos anos 1970 e se tornou uma abordagem amplamente adotada em muitas indústrias.

Em um cenário cada vez mais competitivo para a produção industrial é necessário adotar métodos que otimizem os processos e reduzam os custos. Demandando uma abordagem holística para a gestão de operações que visa otimizar a eficiência, reduzir custos e melhorar a qualidade por meio da eliminação de desperdícios e da promoção de práticas de produção enxuta.

A filosofia Just in Time vai além da gestão de estoques e impacta todos os aspectos da empresa, desde a produção até o relacionamento com clientes e fornecedores.

Quer saber como? Confira o artigo de hoje!

O que é Just in time?

O Just in Time é uma abordagem de gestão que se concentra em produzir apenas o necessário, no momento necessário e na quantidade necessária para atender à demanda do cliente. Essa filosofia busca eliminar desperdícios ao longo de toda a cadeia de valor, desde a aquisição de matéria-prima até a entrega do produto final ao cliente. O sistema foi desenvolvido nos anos 70 pelo engenheiro Taiichi Ohno, da Toyota.

Princípios Chave do Just in Time:

  1. Eliminação de Desperdícios (Muda): visa identificar e eliminar todas as formas de desperdício, incluindo estoques excessivos, superprodução, movimentação desnecessária, tempo de inatividade, retrabalho e processos ineficientes.

  2. Produção Puxada (Pull System): O sistema JIT adota uma abordagem de produção puxada, onde os produtos são fabricados somente quando há demanda real dos clientes. Isso evita a superprodução e ajuda a sincronizar a produção com a demanda.

  3. Flexibilidade e Resposta Rápida: promove a flexibilidade e a capacidade de resposta rápida às mudanças nas necessidades do mercado. As empresas são capazes de ajustar rapidamente os processos e a produção para atender às demandas do cliente.

  4. Melhoria Contínua (Kaizen): A filosofia JIT incentiva uma cultura de melhoria contínua, onde todos os funcionários estão envolvidos na identificação e implementação de melhorias nos processos. Pequenas mudanças incrementais são valorizadas para alcançar a excelência operacional.

  5. Relacionamento com Fornecedores: requer uma colaboração estreita e de longo prazo com fornecedores confiáveis ​​e responsáveis. Isso inclui o estabelecimento de parcerias estratégicas para garantir o fornecimento oportuno e de alta qualidade de matéria-prima e componentes.

Conceitos que apoiam a filosofia JIT.

Os conceitos que apoiam a filosofia Just in Time são fundamentais para sua implementação e para alcançar os objetivos de eliminação de desperdícios, melhoria da eficiência e resposta ágil às demandas dos clientes. Esses conceitos são essenciais para orientar as práticas de gestão e operações dentro de uma organização que adota o JIT.

1. Tempo de Preparação (Setup Time)
O conceito de redução do tempo de preparação envolve minimizar o tempo necessário para configurar máquinas e equipamentos para a produção de diferentes itens. Reduzir o tempo de preparação permite produzir em lotes menores e responder mais rapidamente às mudanças na demanda.

2. Colaborador Multifuncional (Multi-skilled Workers)
A filosofia JIT promove o desenvolvimento de colaboradores com habilidades multifuncionais. Isso permite maior flexibilidade na atribuição de tarefas e na movimentação de pessoal conforme necessário para atender às demandas de produção.

3. Layout Eficiente (Efficient Layout)
O layout de produção eficiente é projetado para minimizar movimentações desnecessárias de materiais e trabalhadores. Um layout bem planejado facilita o fluxo contínuo de produção e reduz o tempo de transporte e espera.

4. Qualidade (Quality)
A qualidade é um pilar fundamental. A filosofia JIT enfatiza a produção de produtos com qualidade desde a primeira vez, eliminando retrabalhos e desperdícios causados por defeitos. O foco na qualidade contribui para a satisfação do cliente e reduz custos associados a falhas.

5. Fornecedores (Supplier Relationships)
O sistema just in time depende de relacionamentos sólidos e colaborativos com fornecedores confiáveis. Os fornecedores devem ser capazes de fornecer materiais de alta qualidade de forma consistente e oportuna para sustentar a produção.

6. Produção Baseada na Demanda (Demand-Based Production)
A produção JIT é baseada na demanda real dos clientes. Isso significa que os produtos são fabricados somente quando há necessidade, evitando superprodução e excesso de estoque.

7. Fluxo Contínuo de Produção (Continuous Flow)
Fluxo contínuo de produção, onde os produtos são processados em uma sequência suave e sem interrupções. Isso reduz o tempo de espera e minimiza o estoque em processo.

8. Redução do Tempo de Ciclo (Cycle Time Reduction)
O tempo de ciclo é o tempo necessário para concluir um processo ou uma atividade. O JIT visa reduzir o tempo de ciclo em todas as etapas da produção para aumentar a eficiência e a capacidade de resposta.

9. Melhoria Contínua (Continuous Improvement – Kaizen)
A filosofia JIT promove uma cultura de melhoria contínua, onde os processos são constantemente revisados e aprimorados para eliminar desperdícios e otimizar a eficiência.

Esses conceitos trabalham em conjunto para transformar as operações de uma organização em um sistema ágil e eficiente, capaz de atender às demandas do mercado de maneira eficaz e com foco na redução de desperdícios em todas as etapas do processo produtivo.

vantagens do controle de estoque

Principais benefícios ao adotar um sistema just in time (JIT).

A adoção de um sistema Just in Time (JIT) pode oferecer uma variedade de benefícios para as empresas que o implementam corretamente. 

1. Redução de Custos de Estoque
Produzir e receber materiais apenas quando são necessários para a produção imediata. Isso reduz significativamente os custos de armazenagem, manutenção de estoque e obsolescência de produtos.

2. Melhoria da Eficiência Operacional
As empresas podem reduzir o desperdício e maximizar a eficiência em suas operações. A produção é otimizada para atender à demanda atual, eliminando a necessidade de grandes quantidades de estoque em processo.

3. Redução de Desperdícios
O Just in Time incentiva a redução de desperdícios em todas as áreas, incluindo estoque excessivo, processos desnecessários e movimentação de materiais. Isso leva a uma utilização mais eficiente dos recursos da empresa.

4. Maior Flexibilidade e Adaptabilidade
Promove uma resposta rápida às mudanças na demanda do mercado. As empresas podem ajustar a produção mais facilmente para atender às necessidades dos clientes sem ficarem sobrecarregadas com estoques desnecessários.

5. Melhoria da Qualidade
Ao reduzir os estoques e simplificar os processos, o JIT pode ajudar a identificar e corrigir problemas de qualidade mais rapidamente. Isso resulta em uma melhoria geral da qualidade dos produtos finais.

6. Maior Envolvimento dos Funcionários
Incentiva um ambiente de trabalho mais colaborativo e participativo. Os funcionários são encorajados a identificar oportunidades de melhoria e a contribuir para o sucesso do sistema JIT.

7. Menores Lead Times (Tempo de Resposta)
Os lead times de produção e entrega são reduzidos, o que significa que os produtos podem ser entregues mais rapidamente aos clientes, aumentando a satisfação e a competitividade da empresa.

8. Foco na Qualidade Total (Total Quality Management – TQM)
O just in time promove a filosofia de “fazer certo na primeira vez”, o que está alinhado com os princípios de gestão da qualidade total. Isso leva a uma redução de retrabalho e a uma cultura de melhoria contínua.

9. Relacionamento Fortalecido com Fornecedores
Implementar o sistema just in time requer uma estreita colaboração com fornecedores confiáveis e responsáveis. Isso fortalece os relacionamentos e melhora a comunicação ao longo da cadeia de suprimentos.

Fazer contratos de fornecimento é bom para o Just in time?

A principal vantagem de fazer contratos de fornecimento para o controle de estoque nas indústrias é a redução nos custos. Isso é possível porque, com os contratos, as empresas têm um melhor controle sobre os seus estoques e podem negociar preços mais baixos com os fornecedores.

Por exemplo, componentes estratégicos como itens de MRO podem ter seus custos de estoques reduzidos se a empresa tiver um contrato de fornecimento com um distribuidor.

Ou seja, a empresa não precisa colocar seus recursos financeiros em peças e componentes que por vezes ficam parados.

Este tipo de contrato é bastante vantajoso para empresas que possuem muitos equipamentos e têm diversas peças/componentes em estoque para manutenção industrial.

Em resumo, o sistema Just in Time oferece uma série de benefícios que podem transformar positivamente as operações de uma empresa, desde a redução de custos até a melhoria da qualidade e da eficiência geral. No entanto, é importante implementar o JIT de forma cuidadosa e estratégica, levando em consideração as necessidades específicas da empresa e as condições do mercado.

A ABECOM é especialista em soluções para manutenção industrial. Com o nosso know-how, é possível reduzir os custos de estoque com componentes de manutenção. Além disso, oferecemos contratos de serviços que garantem a disponibilidade dos componentes necessários para a manutenção da sua planta industrial. Fale conosco e saiba mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags