ROLAMENTOS E SOLUÇÕES EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
MATRIZ - SP: (11) 2797-1322 | SERVICE - SP: (11) 2902-1460
ROLAMENTOS E SOLUÇÕES EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
MATRIZ - SP: (11) 2797-1322 | SERVICE - SP: (11) 2902-1460

MANUAL DO ROLAMENTO: ARMAZENAGEM DE ROLAMENTOS, VEDAÇÕES E LUBRIFICANTES

ARMAZENAGEM DE ROLAMENTOS, VEDAÇÕES E LUBRIFICANTES

ARMAZENAGEM DE ROLAMENTOS, VEDAÇÕES E LUBRIFICANTES

 

As condições nas quais são realizadas a armazenagem de rolamentos, vedações e lubrificantes, podem interferir no desempenho deles, sobretudo de maneira prejudicial. Quando se busca alto desempenho e relação custo benefício, a manutenção deve estar atenta a tudo que os envolvem. Desde o fabricante até o distribuidor do rolamento, passando pelo método de manutenção e acondicionamento.

Cuidar de todos os fatores que os cercam, permitirá um melhor desempenho do rolamento ou dos componentes adquiridos. Em alguns casos, olha-se somente para as condições da embalagem dos componentes. Contudo, é muito importante cuidar para que o rolamento, vedações e lubrificantes, sejam acondicionados de maneira correta.

Assim, o controle de estoque também pode desempenhar um papel importante na vida útil destes componentes. Particularmente quando se trata de vedações e lubrificantes.

Vale destacar que estas recomendações são baseadas no manual de manutenção da SKF. A Abecom é um distribuidor autorizado e certificado para recomendá-las.

ARMAZENAGEM DE ROLAMENTOS, UNIDADES DE ROLAMENTO E CAIXAS DE MANCAL

O tempo de permanência e as condições do ambiente têm grande influência na durabilidade de componentes como vedações para rolamentos e lubrificantes. Antes de tudo, é recomendável que se adote uma política de estoque “first in, first out” (primeiro a entrar, primeiro a sair). Principalmente quando se trabalha com rolamentos e componentes de alta performance.

CONDIÇÕES DE ARMAZENAGEM DE ROLAMENTOS

Para maximizar a vida útil de rolamentos, recomendamos algumas práticas básicas de preparação na armazenagem de rolamentos:

-Armazene os rolamentos horizontalmente, em área seca, sem vibrações, temperatura fresca e estável. Não deve haver corrente de ar na área de armazenagem.

-Controle e limite a umidade da área de armazenagem: 75% a 20 °C, 60% a 22 °C ou 50% a 25 °C.

-Mantenha os rolamentos em embalagens originais fechadas até o instante da montagem. Assim, evita-se contaminação por poeira e umidade, bem como corrosão dos componentes do rolamento.

IMPORTANTE: máquinas em condição de espera devem ser giradas ou operadas o mais frequentemente possível para redistribuir a graxa dentro dos rolamentos e mudar a posição dos elementos rolantes em relação às pistas.

Unidades de rolamento e caixas de mancal devem ser armazenadas sob condições similares às dos rolamentos. Portanto, local fresco, sem poeira, moderadamente ventilado, onde a umidade relativa seja controlada.

PRAZO DE VALIDADE DE ROLAMENTOS ABERTOS

Os rolamentos SKF são revestidos com um composto inibidor de ferrugem e embalados adequadamente, antes de sua distribuição autorizada. Para rolamentos abertos, o conservante fornece proteção contra a corrosão por aproximadamente cinco anos. Para isso, as condições de armazenagem de rolamentos devem ser as adequadas. Após cinco anos, recomendamos seguir as diretrizes abaixo:

1 – Remova o rolamento da embalagem sem danificá-la, se possível.

2 – Limpe o rolamento, usando um solvente adequado.

3 – Seque o rolamento cuidadosamente.

4 – Verifique visualmente se o rolamento não apresenta sinais de corrosão ou danos. Contudo, se o rolamento estiver em uma condição satisfatória, aplique um novo revestimento. Utilize um composto inibidor de ferrugem adequado e acondicione novamente o rolamento em sua embalagem original.

OBSERVAÇÃO: a inspeção e o reacondicionamento de rolamentos é um serviço que pode ser prestado pela Abecom. Entre em contato com nossos especialistas para mais informações.

PRAZO DE VALIDADE DE ARMAZENAGEM DE ROLAMENTOS SELADOS

O intervalo máximo de armazenagem de rolamentos selados da SKF é determinado pelo lubrificante dentro deles. O lubrificante se deteriora ao longo do tempo, como resultado do envelhecimento, condensação e separação do óleo e espessante. Portanto, rolamentos selados não devem ser armazenados por mais de três anos.

OBSERVAÇÃO: para rolamentos pequenos é impraticável remover as vedações, limpá-los, reengraxá-los e então reinstalar as vedações. Mas o mais importante nesta prática, é que as vedações podem ser danificadas. Consequentemente, contaminantes poderiam ser introduzidos nos rolamentos neste processo. Alguns rolamentos maiores possuem vedações retidas no anel externo por um anel de retenção. Quando necessário, as vedações podem ser removidas e substituídas.

ARMAZENAGEM DE VEDAÇÕES DE ELASTÔMEROS

Para maximizar a vida útil de vedações de elastômeros, assim como na armazenagem de rolamentos, recomendamos que:

– Armazene vedações de elastômeros horizontalmente, em uma área fresca, moderadamente ventilada, em temperaturas entre 15 e 25 °C.

– Controle e limite a umidade relativa da área de armazenagem ao máximo de 65%.

– Proteja as vedações da luz solar direta ou de luz com alta proporção de radiação UV.

– Mantenha as vedações nas suas embalagens originais até o instante antes da montagem. Desse modo evita-se degradação do material, quando sujeito ao meio ambiente. Se a embalagem original não estiver disponível, armazene-as em recipientes herméticos.

– Armazene vedações separadamente de solventes, combustíveis, lubrificantes e outros produtos químicos que produzem gases e vapores.

– Armazene separadamente as vedações feitas de materiais diferentes.

IMPORTANTE: vedações nunca devem ser penduradas em pinos ou pregos durante a armazenagem. Se armazenadas dessa maneira, sob tensões ou carga, as vedações estão sujeitas a deformações permanentes e trincas.

PRAZO DE VALIDADE

Borracha natural e sintética tem suas propriedades físicas alteradas ao longo do tempo. Portanto, são afetadas pelo ar, calor, luz, umidade, solventes e certos metais, especialmente cobre e manganês. Como resultado, vedações de borracha podem se tornar inutilizáveis, devido ao endurecimento ou amolecimento, descascamento, trincas ou outros danos superficiais.

ARMAZENAGEM DE LUBRIFICANTES

armazenagem1Lubrificantes são afetados por temperatura, luz, água, umidade e oxigênio. Exposição acidental a esses elementos, normalmente não é prejudicial. No entanto, qualquer exposição acelera o efeito do envelhecimento. Do mesmo modo que na armazenagem de rolamentos, para maximizar o prazo de validade do lubrificante, recomendamos o seguinte:

-Armazene lubrificantes em uma área seca, sem vibrações onde a temperatura esteja abaixo de 40 °C. Isso é particularmente importante para recipientes que foram abertos. Uma vez que a umidade causa a degradação do lubrificante e acelera a oxidação.

-Armazene lubrificantes abrigados, em prateleiras de armazenagem adequadas. A armazenagem abrigada também protege qualquer etiquetagem no recipiente.

-Armazene tambores de óleo deitados para evitar o acúmulo de contaminantes na parte superior dos tambores.

-Mantenha as tampas dos recipientes fechadas para evitar a entrada de contaminantes. Rotule todos os recipientes de forma inteligível. Problemas de identificação podem surgir se os rótulos estiverem desgastados ou danificados. Também é recomendada a codificação por cores.

– Mantenha os lubrificantes em seus reservatórios originais.

– Não armazene os lubrificantes descartados em latas abertas.

DESCARTE DE LUBRIFICANTES

Descartar inadequadamente um lubrificante pode ser perigoso à comunidade e ao meio ambiente. Descarte todos os lubrificantes de acordo com as leis nacionais, locais, regulamentos e boas práticas de segurança ambiental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags