Opex e Capex: o que são? Quais as diferenças e como usar?

diferenças-entre opex e capex

Compartilhar artigo:

WhatsApp
Facebook
X
LinkedIn
Getting your Trinity Audio player ready...

Quem atua na gestão de qualquer empresa do setor industrial deve entender muito bem as diferenças entre CAPEX e OPEX. Eles são termos que se referem a duas formas distintas de organizar as despesas. Caso o gestor use da forma errada, a empresa terá problemas para gerir corretamente seus investimentos e fazer planejamento de suas compras.

Neste artigo, exploraremos as diferenças entre OPEX e CAPEX, as vantagens e desvantagens de cada um e como cada indicador pode ajudar nas decisões de investimentos e compras de uma indústria. 

Quer entender melhor quais são as compras de CAPEX e OPEX? Então, continue lendo este artigo.

O que é CAPEX e OPEX?

A sigla CAPEX (Capital Expenditure) significa despesas de capital. Ela se refere a grandes investimentos feitos por empresas como equipamentos, galpões industriais, etc.

OPEX (Operational Expenditure) significa despesas operacionais, como energia elétrica, matérias-primas, salários, despesas de manutenção e outras despesas correntes. Esses gastos são necessários para manter o negócio em operação e são considerados como despesas de curto prazo.

Entender a diferença entre CAPEX e OPEX é crucial para a tomada de decisões empresariais, uma vez que cada tipo de despesa afeta de maneira diferente o fluxo de caixa e a saúde financeira da empresa.

Diferenças entre CAPEX e OPEX

A principal diferença entre CAPEX e OPEX é que o primeiro se refere a investimentos de longo prazo, enquanto o segundo se refere a despesas operacionais necessárias para manter o negócio em funcionamento. 

Confira abaixo algumas características de cada um:

Características do CAPEX

  • Investimentos de longo prazo;
  • Grande impacto no fluxo de caixa;
  • Geram benefícios ao longo do tempo;
  • Podem ser depreciados ao longo de sua vida útil.

Características do OPEX

  • Despesas operacionais necessárias para manter o negócio funcionando;
  • Curto prazo;
  • Necessárias para a realização das atividades diárias;
  • Podem ser reduzidas com a otimização de processos.

Ao entender essas diferenças e características, a empresa pode tomar decisões mais assertivas quanto à alocação de recursos e investimentos.

Veja a seguir quais são as vantagens de um indicador sobre o outro. 

Quais as vantagens e desvantagens de cada um?

Uma das principais vantagens das compras de CAPEX é que elas são investimentos de longo prazo, o que significa que a empresa pode ter benefícios duradouros e um retorno financeiro significativo ao longo do tempo. 

Por outro lado, uma das vantagens das compras de OPEX é que elas são despesas operacionais necessárias para manter o negócio em operação e pode ser gerenciado com maior facilidade.

Confira abaixo outras vantagens e desvantagens de cada indicador:

Vantagens do CAPEX

  • Melhora a infraestrutura da empresa;
  • Aquisição de novas tecnologias e equipamentos;
  • Ajuda a aumentar a eficiência e produtividade da empresa;
  • Podem ser depreciados ao longo de sua vida útil, o que reduz o impacto no resultado financeiro da empresa.

Desvantagens do CAPEX

  • Grande impacto no fluxo de caixa da empresa;
  • Riscos associados ao investimento em ativos fixos;
  • Pode haver desvalorização do ativo ao longo do tempo;
  • Maior tempo para tomada de decisão sobre a compra;
  • Dificuldade de obter financiamento para grandes investimentos.

Vantagens do OPEX

  • Pode ser gerenciado com mais facilidade;
  • Pode ser ajustado de acordo com as necessidades da empresa;
  • Não requer grande investimento inicial;
  • Ajuda a manter o fluxo de caixa da empresa estável.

Desvantagens do OPEX

  • Não gera retorno financeiro significativo;
  • Pode se tornar uma despesa recorrente e difícil de reduzir;
  • Pode ser afetado por fatores externos, como flutuações nos preços de matérias-primas e energia elétrica;
  • Não ajuda a melhorar a infraestrutura da empresa.

Quais despesas são de CAPEX e OPEX?

Agora que já vimos as características e vantagens de cada tipo de investimento, vamos ilustrar melhor cada conceito com alguns exemplos dentro do contexto da indústria:

Exemplos de compras de CAPEX

  • Aquisição de máquinas e equipamentos de produção;
  • Construção ou reforma de galpões industriais;
  • Compra de terrenos ou imóveis para expansão da empresa;
  • Aquisição de veículos de carga para transporte de mercadorias;
  • Investimento em tecnologia de ponta para otimizar a produção.

Exemplos de compras de OPEX

  • Gastos com energia elétrica, água e telefonia;
  • Compra de matérias-primas e insumos para a produção;
  • Pagamento de salários e benefícios dos funcionários;
  • Despesas com manutenção preventiva e corretiva de equipamentos e instalações;
  • Gastos com serviços de terceiros, como contabilidade e consultoria.

É importante destacar que nem todas as despesas de uma empresa se enquadram em uma ou outra categoria de forma clara. Algumas despesas podem ter características de CAPEX e OPEX ao mesmo tempo, o que pode gerar dúvidas na hora de classificá-las. 

Como se calcula o CAPEX e OPEX?

Calcular o CAPEX e o OPEX é fundamental para que uma empresa possa controlar seus gastos e investimentos. Veja como fazer esses cálculos.

Calculando o CAPEX

O CAPEX pode ser calculado pela soma dos investimentos em ativos fixos, como imóveis, maquinários e equipamentos. O valor da depreciação também deve ser levado em consideração. A fórmula para o cálculo é a seguinte:

CAPEX = Valor dos ativos fixos (período atual) – Valor dos ativos fixos (período anterior) + depreciação (período atual)

Vamos dar um exemplo. Suponha que uma empresa do setor industrial tenha os seguintes dados:

  • Valor dos ativos fixos no ano anterior (2022): R$ 100.000,00
  • Valor dos ativos fixos no ano atual (2023): R$ 150.000,00
  • Depreciação no ano atual (2023): R$ 20.000,00

Para calcular o CAPEX desta empresa em 2023, basta aplicar a fórmula:

CAPEX = R$ 150.000,00 – R$ 100.000,00 + R$ 20.000,00

CAPEX = R$ 70.000,00

Portanto, nesse exemplo, o CAPEX da empresa em 2023 é de R$ 70.000,00.

Calculando o OPEX

O cálculo do OPEX envolve várias despesas operacionais da empresa. A fórmula para o cálculo é a seguinte:

OPEX = Custo para a produção + Despesas operacionais

Como o custo para a produção, temos como exemplos os custos de matérias-primas e mão de obra. Dentro das despesas operacionais, devem ser considerados gastos como aluguel, energia elétrica, entre outros.

Para um exemplo prático, vamos supor que uma empresa do setor industrial teve um custo de R$ 1.000.000 para produzir e vender seus produtos. Além disso, a empresa teve R$ 500.000 em despesas operacionais, como salários, aluguel e energia elétrica.

Dessa forma, o OPEX da empresa é de R$ 1.500.000.

Como Opex e Capex podem ajudar na decisão de negócio?

O CAPEX e o OPEX são indicadores importantes para a tomada de decisões de negócios. O CAPEX indica os investimentos de longo prazo, enquanto o OPEX mostra as despesas operacionais do dia a dia da empresa.

Com essas informações, a empresa pode avaliar a rentabilidade dos investimentos em ativos fixos, identificar os custos operacionais mais relevantes e buscar formas de reduzir despesas.

Além disso, a análise de CAPEX e OPEX pode ajudar na escolha entre a compra (CAPEX) ou aluguel (OPEX) de equipamentos, por exemplo, ou mesmo na decisão de terceirizar ou manter serviços internos. 

CAPEX ou OPEX?

Não existe uma resposta definitiva para essa pergunta, pois a melhor opção entre CAPEX e OPEX depende das necessidades e objetivos de cada empresa.

O importante é avaliar cuidadosamente cada caso, considerando os custos, benefícios e riscos envolvidos em cada opção. Dessa forma, a empresa pode tomar as decisões mais adequadas para o seu negócio.

De forma geral, os investimentos em CAPEX são preferíveis para empresas de maior porte ou para empresas menores quando elas estão em um momento de expansão. 

Isso porque as compras em CAPEX têm valores mais altos, imobilizam o capital da empresa e são decisões mais complexas de serem tomadas, envolvendo riscos maiores. 

Já as compras de OPEX podem ser a preferência de empresas menores e startups que dispõem de menor capital e que não podem correr altos riscos.

Como vimos, a escolha entre CAPEX e OPEX depende do tipo de empresa e do momento do negócio. 

O importante é o gestor entender a diferença entre CAPEX e OPEX é para otimizar os investimentos em equipamentos, manutenção e outras despesas operacionais.

Respostas de 3

  1. Tenho um cliente que classifica os seus gastos com essas siglas e até então não sabia qual era o significado, mas agora entendo, obrigado!

Average
5 Based On 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags