logo-home-nova-2

Manutenibilidade e sua importância na manutenção industrial.

manutenibilidade-mantenabilidade
Getting your Trinity Audio player ready...

Manutenibilidade ou mantenabilidade na manutenção é o quanto um item ou equipamento pode ser mantido ou recolocado em condições de executar suas funções projetadas.

Ainda, podemos dizer que o conceito de manutenibilidade se relaciona com a facilidade e a rapidez de realização de uma atividade de manutenção um item ou equipamento.

Na manutenção industrial, existem métricas importantes a serem mensuradas. Confiabilidade, disponibilidade, MTTR, MTBF e algumas outras, permitem aos gestores um maior controle das atividades de manutenção (PCM).

Hoje, falaremos da manutenibilidade ou mantenabilidade e o quanto ela é importante para uma boa gestão dos seus ativos.

Acompanhe nosso artigo.

Vamos ver cada ponto desta definição:

  1. Capacidade: é o que se mede da mantenabilidade, sendo expressa como uma probabilidade ou uma medida de tempo;
  2. Funções requeridas dentro de condições específicas: o equipamento realiza aquilo para que foi projetado, alcançando um nível de desempenho. (ex: uma bomba centrífuga que transporta água a uma determinada vazão);
  3. Recursos e procedimentos pré-determinados: A operação e a manutenção são feitas seguindo normas ou manuais do fabricante, usando o material previsto.

O que é a manutenibilidade e confiabilidade?

A confiabilidade é a capacidade de um equipamento funcionar de maneira correta e constante, sem apresentar falhas, durante um intervalo de tempo.

A manutenibilidade está estreitamente relacionada à confiabilidade, uma vez que um equipamento bem mantido é mais confiável ao longo do tempo. 

Quais são as diferenças entre manutenibilidade, disponibilidade e confiabilidade?

A disponibilidade é a capacidade de um equipamento desempenhar suas funções por um tempo determinado, levando-se em conta sua confiabilidade e mantenabilidade.

A facilidade de correção e manutenção de um equipamento influencia diretamente em seu tempo disponível. Já que uma mantenabilidade superior aumenta a confiabilidade de um equipamento, o que também eleva sua disponibilidade.

Nos cálculos a seguir ficará claro como cada variável dessa afeta a outra positivamente.

Como se calcula a manutenibilidade?

A manutenibilidade pode ser calculada por vários critérios diferentes. Esses critérios devem medir intervalos de tempo, frequências de eventos, ou proporções de falhas. Veja a seguir alguns deles. 

MTTR (Mean Time To Repair)

É o tempo médio que se leva para reparar um equipamento que falhou.

MTTR = (Soma do tempo gasto para corrigir todas as falhas) / (Número de falhas).

MTBF (Mean Time Between Failures)

É o tempo médio entre as falhas de um equipamento. É calculado como o inverso da taxa de falhas:

MTBF = (Tempo total de funcionamento do equipamento) / (Número de falhas).

Tempo de manutenção médio em homens-hora (THH)

É o tempo médio gasto por uma equipe de manutenção para consertar um equipamento. O tempo em homens-hora é dado pelo tempo trabalhado vezes o número pessoas envolvidas.

(THH) = (Tempo total gasto em manutenção em homens-hora) / (Número de reparos realizados).

Tempo de indisponibilidade médio (MDT)

É o tempo médio que um equipamento fica inoperante devido a falhas ou manutenção. 

MDT = (Tempo total de indisponibilidade) / (Número de reparos realizados).

Eficiência de detecção de falhas (EF)

É a porcentagem de falhas em um equipamento que são detectadas antes que causem interrupção ou dano. 

EF = [(Número de falhas detectadas) / (Número total de falhas)] x 100%

Eficiência de reparo (ER)

É a porcentagem de falhas em um equipamento que são consertadas com total sucesso. 

ER = [(Número de reparos bem-sucedidos) / (Número total de reparos realizados]) x 100%.

Como melhorar a capacidade de um equipamento funcionar sem falhas?

Os problemas em manter os equipamentos funcionando em sua plena capacidade de projeto, muitas vezes estão associados às dificuldades de realizar um reparo numa máquina ou sistema.

gráfico de estatísticas de falhas em equipamentos industriais que ocasionam paradas não programadas
Principais causas de paradas não planejadas.

A resolução destes problemas deve passar por um processo claro, dividido em etapas, que facilite sua replicação em todos os equipamentos da empresa.

  1. Identificação de problemas

Realize uma revisão dos registros de manutenção e do histórico de falhas de equipamentos para identificar áreas de problemas recorrentes. 

Alguns problemas comuns que prejudicam a mantenabilidade são: acesso limitado aos componentes, falta de documentação técnica detalhada dos equipamentos, ferramentas e equipamentos de manutenção limitados, falta de controle  nos estoques e treinamento inadequado.

  1. Análise da capacidade de falhas

Realize uma análise detalhada de cada equipamento para identificar pontos fracos e oportunidades de melhoria.

  1. Projeto para manutenibilidade

Incorpore as recomendações da análise da manutenibilidade no processo de manutenção de cada equipamento a fim de facilitá-lo.

  1. Treinamento da equipe

Certifique-se de que a equipe responsável pela manutenção dos equipamentos receba treinamento adequado, incluindo informações sobre as alterações para as melhorias na mantenabilidade.

  1. Implementação de mudanças

Implemente as melhorias sugeridas. Algumas medidas podem ser a simplificação do acesso aos equipamentos,  aquisição de novas ferramentas e atualização dos inventários dos estoques.

Atualize também todas as documentações, incluindo manuais de operação e manuais de manutenção.

  1. Monitoramento das novas medidas

Monitorar a eficácia das melhorias realizadas, realizando avaliações regulares e registrando quaisquer problemas ou falhas subsequentes.

  1. Revisão contínua da manutenibilidade

Revise o processo regularmente para garantir que as melhorias continuem a ser efetivas e para identificar novas oportunidades de melhoria.

Veja a seguir alguns casos em que há dificuldades para a manutenção de equipamentos industriais e como resolvê-las.

Manutenibilidade exemplos de melhoria

Reparos em bomba centrífuga: sua manutenção pode apresentar pontos fracos na acessibilidade, especialmente se estiver instalada em um local de difícil acesso.

A melhoria deste ponto pode ser feita com a mudança em sua localização para garantir que haja espaço suficiente em torno da bomba durante a manutenção.

Trocas de rolamentos: a remoção e encaixe de rolamentos muitas vezes exige o uso de ferramentas especializadas.

As mais simples são as ferramentas mecânicas, como as sacas-polias e chaves de gancho. Mas a depender do nível de tolerância do ajuste, pode ser necessário o uso de extratores hidráulicos ou até mesmo de aquecedores indutivos

O uso de ferramentas inadequadas faz com que a troca de rolamentos se torne muito mais demorada do que o desejado.

Importância da manutenibilidade

A implementação de medidas que melhorem a mantenabilidade de equipamentos traz uma série de benefícios para a empresa:

  • Aumento da produtividade: equipamentos bem mantidos funcionam a plena capacidade por mais tempo. Como consequência, há aumento na produção e na lucratividade da empresa;
  • Redução no downtime: quanto mais fácil se tornar a manutenção de um equipamento, menor será o tempo necessário para colocá-lo de volta em operação. A melhoria da manutenibilidade impacta diretamente o downtime, aumentando a disponibilidade;
  • Vida útil prolongada dos equipamentos: o aumento da eficiência da manutenção se traduz não apenas na aceleração do processo, mas também no aumento da qualidade do serviço. Reparos bem feitos estendem o tempo de vida dos equipamentos;
  • Redução dos custos de manutenção: isso é uma das consequências da redução do tempo de manutenção. Mas os custos de manutenção também são reduzidos pela diminuição ou eliminação de retrabalhos, e até mesmo pela redução da quantidade de mão-de-obra necessária para alguns serviços.
  • Aumento da segurança dos trabalhadores: a melhoria de manutenibilidade envolve medidas que tornam os equipamentos mais seguros, como o uso de ferramentas mais adequadas e o treinamento dos operadores.

Melhore a eficiência dos equipamentos em sua empresa com a Abecom.

A manutenibilidade é uma característica da eficiência da manutenção dos equipamentos de uma empresa. Ela pode ser incrementada através de medidas que aumentem a qualidade e reduzam o tempo gasto com reparos das máquinas.

A ABECOM é especialista em soluções para manutenção industrial e possui produtos e serviços que vão ajudar a melhorar os requisitos de manutenibilidade em sua empresa. Entre em contato conosco e saiba mais!

Somos um distribuidor que oferece soluções completas para os problemas mais críticos de sua fábrica.

  • Alto custo de estoque
  • Aumento das compras de emergência
  • Falta de informação técnica para o pessoal da manutenção
  • Recursos técnicos deficientes na manutenção
  • Falta de um programa adequado de treinamento
  • Quadro reduzido de funcionários da manutenção em relação ao número de ocorrências
  • Falta de ferramentas adequadas
  • Falta de envolvimento do pessoal da produção ou operação na manutenção dos equipamentos – Manutenção Autônoma
  • Conhecimento deficiente para o controle dos custos da manutenção
  • Considerável número de paradas repentinas, apesar do programa de manutenção preventiva
  • Falta de controle dos equipamentos – mapeamento das máquinas
  • Administração de um número excessivo de fornecedores
  • Procedência dos produtos
  • Quantidade de horas-extras
  • Alta exposição a acidentes, devido a pressa e procedimentos com recursos inadequados
  • Perdas geradas na produção ou operação causados pelas paradas não-programadas
  • Dificuldades para interpretação e aproveitamento dos relatórios fornecidos pelas empresas contratadas e seus inspetores (análise de vibrações, termografia, montagem, inspeção, etc.)
  • Alta incidência de caracterização de desvio de funções (Deficiência no relacionamento profissional e acidentes, gerando sérias exposições das empresas em processos trabalhistas)

Foco em serviços

  • Produtividade e Eficiência
  • Maior confiabilidade dos ativos e melhores processos de manutenção
  • Maior vida útil de equipamentos e seus componentes
  • Menor Custo Total de Operação – TCO
  • Menor número de paradas não planejadas dos ativos produtivos
  • Menores níveis de desgaste das máquinas
  • Prolongar o Tempo Médio entre Falhas – MTBF
  • Prolongar os intervalos de manutenção
  • Busca de Resultados positivos replicando em novos projetos
  • Elevar o conhecimento do pessoal de planta – transferência de informações
  • Melhoria Contínua das práticas de manutenção e operação
  • Valorizar recursos, sem gastar mais do que se deve
  • Reduzir o capital inativo em sobressalentes e/ou ativos redundantes.

Diferenciais Abecom

  • Consolidação no fornecimento de vários produtos
  • Cronograma de Atividades Key Account
  • Gestão estratégica de estoque
  • Equipe de vendas altamente qualificada
  • Logística para todo o território nacional direcionada para contratos
  • Atendimento 24 horas
  • Sistema de compras on-line integrado
  • Loja In Company
  • Gestão de lubrificação e software de Lubrificação em nuvem (ABECLUB)
  • REP Center com diagnósticos integrados, informação de disponibilidade de produto, aumento do MTBF e gestão a vista
  • Treinamentos customizados presenciais ou on-line
  • Savings Documentados
  • Otimização de cadastros e redução de inventários
  • Engenharia de aplicação

Referências utilizadas para a elaboração deste artigo:

Blog TRACTIAN – Mantenabilidade ou manutenibilidade: o que é?, 27 de jun 2022. (disponível em: https://tractian.com/blog/mantenabilidade-ou-manutenibilidade-o-que-e)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags