logo-home-nova-2

Manutenção autônoma: como aplicar? Quais os benefícios?

Manutenção autônoma: como aplicar? Quais os benefícios?
Getting your Trinity Audio player ready...

Se você trabalha com manutenção industrial, certamente já enfrentou a dificuldade de manter seus equipamentos funcionando de forma eficiente e com poucas paradas para manutenção. Além disso, o desperdício de tempo e recursos é um problema que muitas empresas enfrentam. É aí que a manutenção autônoma entra em cena como parte da filosofia da Manutenção produtiva total (TPM).

Ao dar aos próprios operadores dos equipamentos a responsabilidade pela sua conservação, é possível reduzir paradas desnecessárias e aumentar a produtividade. 

Mas quais são os passos para aplicar essa metodologia? Quais são as vantagens da manutenção autônoma? Continue lendo para descobrir!

O que é a manutenção autônoma?

A manutenção autônoma é uma metodologia que visa aumentar a eficiência da manutenção e melhorar a segurança no ambiente de trabalho, através da autonomia dos operadores para realizar pequenas intervenções de manutenção.

Qual é o objetivo da manutenção autônoma?

A principal finalidade da manutenção autônoma consiste em promover o sentimento de responsabilidade dos próprios operadores pelos equipamentos, estimulando-os a realizar, de forma voluntária e rotineira, a limpeza, lubrificação e pequenos ajustes necessários à conservação dos mesmos.

Quais são as 3 tarefas da manutenção autônoma?

Este tipo de manutenção exige que os operadores realizem três tarefas fundamentais: identificação, eliminação e prevenção de problemas nos equipamentos.

Identificação de problemas

Consiste em estar atento a qualquer sinal de falha ou anomalia nos equipamentos, reportando-os ao responsável. Por exemplo, em uma linha de produção, o operador pode identificar um ruído estranho na máquina, comunicando ao líder de manutenção para que possa ser realizado um diagnóstico e solução do problema.

Eliminação de defeitos

Envolve a correção de falhas ou anomalias nos equipamentos. Por exemplo, caso seja detectado que uma peça precisa de ajuste ou substituição, o operador deve estar apto a realizar essa tarefa para que o equipamento volte a funcionar corretamente.

Prevenção de falhas

Compreende adotar medidas que visem evitar falhas ou anomalias nos equipamentos em ações de manutenção proativa.

Por exemplo, um trabalhador pode realizar a lubrificação regular de uma máquina, evitando assim o desgaste excessivo das peças e a necessidade de manutenção reativa.

Manutenção autônoma na prática.

Vamos considerar um exemplo real em uma fábrica de caixas de papelão. O operador de dobradeira coladeira deve identificar sinais de problemas como folgas nas polias e correias, esteiras danificadas, eixos e trepidações.

Ele mesmo pode realizar as trocas ou ajustes sem precisar chamar a equipe de manutenção.

Além disso, para prevenir problemas futuros, ele pode realizar tarefas de manutenção preventiva como verificar regularmente vazamentos de óleo do motor ou ar comprimido, tensão das correias, folgas das guias, entre outros.

Quais são as vantagens da manutenção autônoma?

Ela traz vários benefícios para as empresas que a implementam. Algumas dessas vantagens são:

  • Redução de custos: uma vez que as tarefas de conservação e inspeção são realizadas pelos próprios operadores, sem a necessidade de equipes especializadas;
  • Aumento da vida útil dos equipamentos: a realização de tarefas simples e rotineiras de manutenção reduz o desgaste causado por falhas mecânicas;
  • Melhoria da eficiência: os operadores têm um maior controle sobre os equipamentos, podendo identificar problemas e realizar ajustes de forma mais eficiente, reduzindo o tempo de parada para manutenção;
  • Maior segurança no ambiente de trabalho: os operadores ficam mais familiarizados com os equipamentos e identificam potenciais problemas de segurança com mais facilidade;
  • Melhoria da cultura de manutenção: todos os funcionários devem ser responsáveis pela conservação e cuidado dos equipamentos, resultando em um ambiente de trabalho mais seguro, eficiente e produtivo.
Manutenção autônoma TPM

Manutenção autônoma TPM

Total Productive Maintenance (TPM) é uma metodologia de gestão da manutenção importante e possível de ser implementada em qualquer indústria.

Ela busca maximizar a eficiência dos equipamentos, reduzir os custos de manutenção e aumentar a produtividade da empresa.

A Manutenção produtiva total (TPM) é baseada em oito pilares e a manutenção autônoma é o primeiro deles

O que é o pilar manutenção autônoma?

O pilar manutenção autônoma da TPM transfere aos operadores a responsabilidade de manutenção como limpeza, lubrificação e inspeção dos equipamentos.

Filosofia trazida do conceito de 5S, sobretudo do elemento SEISU (limpe e inspecione a área de trabalho). Isso promove no operador um senso de “posse” da máquina e aumenta o cuidado com ela.

Além disso, aumenta o conhecimento dos funcionários. Com maior conhecimento sobre o funcionamento dos equipamentos é possível garantir que estejam sempre limpos e bem lubrificados.

5S-manutenção-autonoma-e-tpm
Fonte: Associação Brasileira de Planejamento – ABRAPLAN

Os demais pilares da TPM são:

  1. Melhoria contínua: busca constante por aperfeiçoar os processos e equipamentos visando melhorias na eficiência e qualidade;
  2. Manutenção planejada: realização de manutenções programadas e preventivas, evitando falhas e reduzindo custos com manutenção corretiva;
  3. Treinamento e capacitação: capacitação dos funcionários para operar e manter os equipamentos de forma eficiente e segura;
  4. Manutenção da qualidade: garantia da qualidade dos produtos e processos, reduzindo desperdícios e aumentando a satisfação do cliente;
  5. Controle inicial: padronização dos processos, garantindo a qualidade e eficiência das atividades;
  6. Segurança, saúde e meio ambiente: garantir a segurança e saúde dos colaboradores e a preservação do meio ambiente;
  7. Gestão administrativa: gerenciamento eficiente dos recursos e processos da empresa, garantindo a continuidade do negócio e sua sustentabilidade.

7 passos da manutenção autônoma:

Para que uma empresa adote a manutenção autônoma como parte de sua cultura, é preciso seguir passos bem definidos e ordenados. Uma sugestão de passo a passo é a seguinte:

  1. Identificação de problemas: os operadores devem ser incentivados a identificar problemas nos equipamentos durante suas atividades diárias, como ruídos estranhos ou desgastes anormais;
  2. Limpeza e inspeção: o equipamento deve ser limpo e inspecionado regularmente para evitar acúmulo de sujeira e identificar possíveis falhas;
  3. Padronização da manutenção: é importante estabelecer padrões de limpeza e inspeção para garantir a eficiência da manutenção;
  4. Inspeção geral: realizar uma inspeção mais detalhada no equipamento, verificando peças e componentes específicos;
  5. Inspeção autônoma: realização de inspeções rotineiras pelos próprios operadores para identificar e corrigir problemas menores antes que se tornem grandes problemas;
  6. Sistematização da manutenção autônoma: todos os procedimentos devem ser documentados e compartilhados com a equipe para garantir a sua padronização;
  7. Gestão autônoma: os operadores devem ser responsáveis pela gestão e organização das atividades de manutenção autônoma, definindo prioridades e prazos para execução das tarefas.

Conte com a Abecom para implementar a manutenção autônoma em sua empresa.

Em resumo, a manutenção autônoma é uma técnica fundamental dentro da filosofia Total Productive Maintenance (TPM). Ao permitir que os operadores sejam responsáveis pela conservação e prevenção de falhas nos equipamentos, ela traz inúmeros benefícios para a indústria.

Para implementar a manutenção autônoma com sucesso, é necessário contar com peças e ferramentas de qualidade de uma empresa que tenha know-how de décadas no setor de manutenção industrial.

Além disso, temos programas de treinamento para sua equipe de manutenção desempenhar com maior eficiência as atividades do plano de manutenção.

Nós da Abecom estamos preparados para atender as necessidades de manutenção de sua empresa. Entre em contato conosco e fale com um dos nossos especialistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags