ROLAMENTOS E SOLUÇÕES EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
MATRIZ - SP: (11) 2797-1322 | SERVICE - SP: (11) 2902-1460
ROLAMENTOS E SOLUÇÕES EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
MATRIZ - SP: (11) 2797-1322 | SERVICE - SP: (11) 2902-1460

Monitorar a condição e rolamentos corta custos de manutenção em Metrôs na China.

monitoramento-de-condicao-corta-custos

O metrô de Guangzhou, na China, é uma das redes de metrô mais movimentadas do mundo. Agora, ele está indo de um modelo de manutenção planejado dos seus rolamentos para um sistema de monitorar as condições que ajudará a empresa a economizar custos substanciais.

Guangzhou é uma metrópole agitada no sul da China que abriga tanto templos antigos quanto arranha-céus brilhantes. Com uma população de cerca de 14 milhões de pessoas, é uma das maiores cidades da China. Anteriormente conhecida no Ocidente como Cantão, foi a primeira cidade na China a estabelecer laços comerciais com o mundo exterior após a Revolução Chinesa em 1949.

Nas últimas duas décadas, durante a rápida modernização do país, foram feitos pesados investimentos em infraestrutura. O Metrô de Guangzhou foi o quarto sistema metroviário a ser construído na China continental, seguindo os de Pequim, Tianjin e Xangai. A construção da primeira linha teve início em 1993, e o serviço foi inaugurado em 1997 com cinco estações em operação.

Entre 8 e 10 milhões de passageiros todos os dias

Hoje, o metrô de Guangzhou opera 15 linhas que cobrem 589 quilômetros e é um dos sistemas de metrô mais movimentados do mundo. É o terceiro maior da China em termos de quilometragem, depois dos sistemas de metrô de Pequim e Xangai, com cerca de 8 a 10 milhões de passageiros tomando o metrô todos os dias. Também tem uma posição de liderança em termos de confiabilidade e cronograma.

citacao-zhao-weilongZhao Weilong, supervisor técnico do Metrô de Guangzhou, é responsável pela manutenção da linha 3 do metrô, incluindo estimar as condições do trem, otimizar o período de manutenção e fazer planos de manutenção.

“Como a SKF é uma marca bem conhecida no campo dos rolamentos, usamos os rolamentos SKF por muito tempo”, diz Zhao.

“A revisão do trem do metrô é um trabalho técnico no qual as bogias da composição são ampla e profundamente desmontadas e reparadas a fim de restaurar o desempenho total dos trens para atender aos padrões operacionais”, ele explica. “Os trens normalmente têm uma vida útil de cinco a dez anos, ou 600.000 a 1,2 milhões de quilômetros.

“A manutenção do rolamento é um passo crítico na manutenção de uma revisão de um trem e um dos fatores mais importantes para a segurança do trem”, ele acrescenta.

 

durante-a-manutencao-do-trem-do-metro-as-bogias-sao-desmontadas
Durante a manutenção do trem do metrô, as bogias da composição são ampla e profundamente desmontadas.

O modelo de manutenção planejada anterior

Em anos anteriores, a manutenção desses rolamentos foi cuidada pelo metrô de Guangzhou através de um modelo regular de manutenção planejada no qual os rolamentos seriam substituídos ou reformados após os trens estarem rodando por um certo número de quilômetros. No entanto, quando seu sistema de linha cresceu, a empresa metroviária enfrentou um aumento crescente nos custos de material e de mão-de-obra para a realização desse tipo de manutenção.

“Um grande problema era que, se as rodas estivessem gastas, precisávamos trocar os conjuntos de rodas”, diz Zhao. “Mas as rodas estão no interior dos rolamentos, então precisávamos desmontar os rolamentos ao desmontar as rodas. Mesmo que os rolamentos estivessem dentro de sua vida útil, eles também precisavam ser substituídos ou reformados, o que aumentou muito nossos custos de manutenção.”

Novo sistema para monitorar as condições aumenta a vida útil do rolamento

COMPLETO-zhao-weilong-supervisor-tecnico-do-metro-de-guangzhouEntão, em 2018, a SKF apresentou ao Metrô de Guangzhou sua solução própria de Desempenho de Equipamentos Rotativos combinada com um modelo de sistema de monitoramento de condições on-line.

Anteriormente, a SKF não fazia parte da manutenção pós-compra, mas com essa nova abordagem, a SKF agora faz parte da jornada de manutenção do cliente, garantindo que os equipamentos do cliente estão funcionando sem qualquer tempo de inatividade não planejado.

Através do sistema de monitoramento da SKF, é possível identificar se e quando uma parte em seu equipamento vai falhar.

“O custo de manutenção dos trens é extremamente alto, e precisamos aumentar a economia de custos. Então, aumentar os intervalos de manutenção e a vida útil dos rolamentos fará diferença para nossas metas financeiras”, diz Zhao.

Atualmente, os intervalos de manutenção diferem entre os rolamentos de caixa do eixo, rolamentos de roda e caixa de transmissão. Toda vez que os rolamentos da roda e de caixa de câmbio eram trocados, os rolamentos de caixa do eixo tinham que ser desmontados. Os rolamentos de caixa do eixo normalmente têm um período de manutenção diferente dos dois outros tipos de rolamentos. Isso resultou em um trabalho extra de desmontagem e manutenção nos rolamentos de caixa do eixo.

Agora a SKF está trabalhando para estender os intervalos para os rolamentos do motor de tração e da caixa de transmissão para que a reforma e substituição para todos os três tipos de rolamentos possam ser feitos ao mesmo tempo, o que proporcionará uma economia significativa tanto nos custos de mão-de-obra quanto no de material.

O sistema IMx-Rail fornece dados em tempo real

Com o sistema de monitoramento de condições da SKF chamado IMx-Rail em funcionamento, o cliente terá mais dados em tempo real e poderá ter certeza de exatamente quando uma reforma ou substituição é necessária, em vez de apenas depender de quantos quilômetros cada rolamento foi utilizado.

“Por um lado, melhorou a segurança dos trens”, diz Zhao. “O sistema de monitoramento de condições pode ajudar a monitorar as condições de cada rolamento, de modo que quando um rolamento falha ou apresenta algum mal funcionamento pode ser identificado e reparado a tempo. Por outro lado, quando os intervalos de manutenção foram estendidos, isso nos ajuda significativamente a reduzir custos.”

Guangzhou tem 14 milhões de habitantes e é uma das maiores cidades da China.
Guangzhou tem 14 milhões de habitantes e é uma das maiores cidades da China.

UM IMPORTANTE FORNECEDOR PARA O METRÔ DE GUANGZHOU

A bogia de uma composição contém as molduras, rodas, motor de tração, freios e muito mais. As caixas de eixo fazem parte das rodas, e a caixa de transmissão conecta o motor de tração aos bancos de rodas.

A SKF forneceu cerca de 60%, ou 10.000, de todos os rolamentos de caixas de eixo que o metrô de Guangzhou usa em suas composições de trens. Também forneceu um grande número de rolamentos de transmissão e de motor de tração. Cerca de 10% dos rolamentos são reformados a cada ano.

DOIS CONTRATOS ACORDADOS

Em 2018, a SKF assinou um contrato com o Metrô de Guangzhou para fornecer novos rolamentos para o cliente, que também incluiu a solução de Desempenho de Equipamentos de Rotação da SKF.

Ele foi seguido por um segundo contrato firmado no final de 2021, que também incluiu a reforma. A SKF fornecerá serviços integrados de 2022 a 2025 para ajudar o Metrô de Guangzhou a transferir o atual modelo de manutenção planejada para o modelo condicionado, baseado no sistema de monitoramento de condições IMx-Rail da SKF.

O monitoramento de desempenho também está incluído no contrato. Ele garante que o cliente pode alcançar certos indicadores-chave de desempenho. Por exemplo, o tempo para a reforma de rolamentos foi reduzido de 45 dias para 25 dias úteis. Para controle de qualidade de manutenção, foi reduzido de menos de três vezes por trimestre para menos de três vezes por ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags