Indústrias do aço e do papel triplicam vida útil de máquinas com rolamentos adaptáveis a choques de temperatura

industrias-do-aco-e-do-papel-triplicam-vida-util-de-maquinas-timken

Compartilhar artigo:

WhatsApp
Facebook
X
LinkedIn

Sistema ADAPT, desenvolvido pela Timken e distribuído pela Abecom, evita paradas de produção por desalinhamentos provocados por condições extremas.

Indústrias dos setores do aço e do papel estão aumentando a vida útil de seus equipamentos com a utilização de rolamentos que se adaptam a variações extremas de temperatura. Com isso, essas fábricas têm evitado paradas não programadas das máquinas para manutenção, o que eleva a produtividade e reduz perdas financeiras.

O processo de produção do aço envolve grandes choques térmicos, que fazem os eixos de suas máquinas se expandirem e se contraírem. Na fase de lingoteamento, o aço líquido é pulverizado com água, para ser resfriado e transformado em placas sólidas. Esse contato constante com o calor e com a umidade – 24 horas por dia e 7 dias por semana – acaba gerando corrosões. Além disso, o peso dos lingotes sobre centenas de rolamentos em rotação contínua provoca também desalinhamentos, forçando a parada das máquinas.

Para solucionar isso, as usinas passaram a utilizar um sistema que combina um rolamento em posição fixa com outro rolamento flutuante, que fica no lado oposto do eixo. Isso permite a movimentação do conjunto conforme as mudanças nas condições da operação. Este sistema, batizado de ADAPT, foi desenvolvido pela norte-americana Timken, cujas soluções são distribuídas no Brasil pela Abecom.

Antes deste sistema, as indústrias precisavam calcular uma expectativa de movimentação do rolamento e do eixo durante a operação. Quando essas estimativas falhavam, o rolamento ficava torto, interrompendo a produção.

“O sistema ADAPT combina um rolamento autocompensador de rolos no anel externo com um rolamento de rolos cilíndricos no anel interno, de modo que pode lidar com o desalinhamento e também com o deslocamento axial”, explica Tony Fierro, gerente de produtos da Timken.

Essa solução tem aumentado a vida útil dos equipamentos em usinas siderúrgicas. Em um dos clientes da Timken, os rolamentos anteriores falhavam após uma produção média de 700 mil toneladas de aço. Com a implantação do ADAPT, as mesmas máquinas produziram 2,5 milhões de toneladas de aço, sem interrupções não programadas.

Além disso, o novo sistema da Timken elevou a capacidade de carga em 7%, reduziu o torque em 5% a 10% e possibilitou que os equipamentos suportem uma diminuição adicional de temperatura de 5 °C a 10 °C.

Setor de Papel

Após os casos bem-sucedidos no setor siderúrgico, a Timken levou a mesma solução para a produção de papel, que também envolve rápidas variações de temperatura. Neste segmento, o sistema ADAPT tem operado com temperaturas até 10% menores e com até 10% menos torque do que os mecanismos tradicionais. “Esses fatores têm uma correlação direta com o desempenho nas seções de secagem de papel”, relata Tony Fierro.

Segundo ele, o sistema ADAPT tem sido aplicado com êxitos por grandes fabricantes de equipamentos para o setor papeleiro na Europa, no Brasil e na China.

Timken e Abecom

Com sede em São Paulo e com 60 anos de presença no mercado Industrial, a Abecom atua com foco na redução de custos e aumento da produtividade, através da venda de produtos premium e serviços de preditiva para manutenção. Atualmente, atende mais de 10 mil clientes e possui mais de 200 contratos de fornecimento em diversos segmentos industriais, que representam mais de mil plantas fabris.

Além da matriz em São Paulo, a Abecom conta com mais 6 unidades de suporte e atendimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deixe um comentário

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors

Artigos mais lidos

Últimas Notícias

Categorias

Tags